Com gol no fim, Bayern bate Mönchengladbach e fica a uma vitória do título alemão

O Bayern de Munique está muito perto de conquistar o título do Campeonato Alemão pela oitava temporada seguida. Desfalcado de alguns de seus principais jogadores, o time de Munique não teve uma atuação brilhante, mas derrotou o Borussia Mönchengladbach em casa, por 2 a 1, e pode ser campeão nacional já na próxima terça-feira.

Com o triunfo, o líder da competição, que está invicto em 2020 e não perde há 17 jogos, considerando apenas o torneio nacional, está a uma vitória de ser octacampeão alemão de forma consecutiva. Com 73 pontos, a equipe bávara manteve sete de vantagem para o vice-líder Borussia Dortmund e, restando três rodadas, precisa de apenas mais três pontos para assegurar mais uma taça.

Dessa maneira, o título pode vir já na próxima terça-feira, quando o Bayern enfrenta o Werder Bremen fora de casa, pela 32ª rodada. O duelo está marcado para as 15h30 (horário de Brasília).

O Borussia Mönchengladbach ocupa o quarto lugar, com 56 pontos, fechando a zona de classificação à próxima edição da Liga dos Campeões. No entanto, a posição é temporária, visto que o Bayer Leverkusen, o quinto, também com 56, mas saldo pior (20 a 16) ainda joga neste domingo. Portanto, terá de secar o adversário e também torcer também para que o problema de Marcus Thuram na perna esquerda não seja grave. Com dores, o atacante francês, destaque da equipe, foi substituído no começo do jogo.

Sem o meia Thiago Alcântara, lesionado, o atacante Thomas Müller, principal garçom da competição, com 20 assistências, e o goleador polonês Robert Lewandowski, artilheiro do torneio, com 30 gols, ambos suspensos, o Bayern de Munique naturalmente sentiu mais dificuldade para construir as jogadas e foi menos dominante em relação às partidas anteriores.

As redes balançaram na primeira etapa a partir de erros das duas equipes. Primeiro, Sommer bobeou e o atacante holandês Zirkzee abriu o placar para os donos da casa aos 26 minutos. Depois, aos 37, o lateral francês Pavard marcou contra e deixou o placar em igualdade.

Pavard, porém, se redimiu na etapa final, no momento em que a equipe de Munique mais precisou. Ele deu a assistência para o gol de Goretzka, aos 41 minutos, que garantiu o triunfo e deixou os bávaros muito perto de mais um troféu da Bundesliga.