Esportes Com gol na final, Luan dá volta por cima no São Paulo após 'falha' Brasileirão

Com gol na final, Luan dá volta por cima no São Paulo após 'falha' Brasileirão

Em um jogo truncado e com poucas chances, o gol de Luan mudou a história da decisão aos 36 minutos do 1º tempo e começou a definir o título paulista a favor do São Paulo, neste domingo, no Morumbi.

Após a conquista, o volante revelou que o gol representou uma "volta por cima" em termos individuais. No ano passado, no empate com o Palmeiras por 1 a 1, na reta final do Campeonato Brasileiro, o gol do rival foi marcado por Rony, após desvio involuntário no próprio Luan. Com o resultado, o São Paulo perdeu as chances de título nacional.

"No ano passado, a gente brigava pelo título e pela Libertadores. A bola bateu em mim e sofremos o gol. Eu chorei muito, mas meus companheiros e minha família me apoiaram", confessou o defensor que foi substituído no segundo tempo por uma lesão muscular.

Neste domingo, o volante Luan chutou de fora da área e contou com desvio em Felipe Melo para fazer 1 a 0. Foi a primeira finalização do time tricolor no jogo. A abertura do placar foi mérito, principalmente, da iniciativa de Luan de chutar a gol. Ele se empolgou tanto na comemoração do gol que correu na direção da câmera, empurrou Léo e até deu um tapa no objeto de transmissão da partida.

O gol do volante mudou a partida. Com pouca criatividade, mesmo diante de várias mudanças, o Palmeiras não encontrou saída. E o São Paulo definiu o placar no segundo tempo, com Luciano. "Uma equipe como o São Paulo não pode ficar muito tempo sem ganhar", afirmou o volante.

"Essa conquista vai para todos que passaram por aqui e tentaram ser campeões", completou. Foi apenas o segundo gol de Luan pelo São Paulo, o mais importante por se tratar de uma decisão. O camisa 13 havia balançado as redes na vitória sobre o Sporting Cristal, pela Libertadores.

Luan completou no primeiro jogo da final, na quinta-feira, 100 jogos pelo São Paulo. Monitorado pelo clube desde os 11 anos, o volante ficou em Cotia de 2010 a 2018, quando foi promovido para o time principal.

Últimas