Esportes Com garoto de 16 anos, Corinthians tenta encerrar série negativa diante da Ponte

Com garoto de 16 anos, Corinthians tenta encerrar série negativa diante da Ponte

O surto de casos da covid-19 no elenco do Corinthians abre espaço para mais um jovem ter oportunidade de estrear pelos profissionais. O lateral-esquerdo Guilherme Biro, de apenas 16 anos, deve ser titular na partida diante da Ponte Preta, domingo, às 11 horas, na Neo Química Arena, pela terceira rodada do Campeonato Paulista Sicredi 2021. A equipe do técnico Vagner Mancini entra em campo para encerrar uma série de sete jogos sem vitória.

Ao todo são 11 baixas decorrentes de infecção pelo coronavírus, incluindo os laterais Fábio Santos e Lucas Piton (suspeita). O Corinthians pediu que Guilherme Biro fosse cortado de um período de treinos da seleção brasileira sub-17, na Granja Comary, para ficar à disposição de Mancini. Ele foi inscrito na competição na sexta-feira.

O lateral-esquerdo, que já jogou como meia e atacante, assinou o primeiro contrato profissional no final do ano passado. A multa rescisória para equipes do exterior é de 30 milhões de euros (R$ 203 milhões). Já para times no Brasil, o valor da indenização é de R$ 24 milhões.

O apelido, claro, tem relação com o ex-jogador do Corinthians, Biro-Biro. Guilherme tem um cabelo parecido com o jogador que chegou ao clube em 1978 e, no começo da década de 1980, fez parte da Democracia Corintiana ao lado de Sócrates, Casagrande e Wladimir, entre outros.

Além de Guilherme Biro, Mancini vai escalar outros jogadores da base neste confronto, como Matheus Donelli e Rodrigo Varanda, que já foram titulares no clássico com o Palmeiras, na quarta-feira.

O Corinthians busca sua primeira vitória no Paulistão. Na estreia, o time alvinegro empatou com o Red Bull Bragantino por 0 a 0, fora de casa. Diante do arquirrival, outra igualdade, desta vez por 2 a 2. A equipe não conquista uma vitória desde 3 de fevereiro, quando superou o Ceará por 2 a 1, pelo Brasileirão. Depois disso foram cinco empates e duas derrotas.

O retrospecto contra o adversário na Neo Química Arena é um fator motivacional para o time encerrar o jejum. Em sete jogos na casa alvinegra, o Corinthians conquistou seis vitórias e somou uma igualdade. Foram 12 gols marcados e apenas dois sofridos. Vale lembrar ainda que o único resultado que não foi um triunfo, o empate por 1 a 1 em 2017, deu ao clube o título paulista.

Assim como o Corinthians, a Ponte Preta também tem alguns desfalques por causa da covid-19. O goleiro Pedrão, o zagueiro Rayan, o volante Barreto e o meia Camilo testaram positivo. A equipe do técnico Fábio Moreno também busca o primeiro triunfo no Paulistão. A equipe de Campinas empatou com o Novorizontino por 1 a 1, na estreia, fora de casa, e foi surpreendido pelo Santo André (1 a 0), no Moisés Lucarelli.

A Ponte tem uma mudança certa no time titular. Apesar de não ser diagnosticado com a covid-19, o goleiro Ygor Vinhas cumpriu quarentena, após demonstrar alguns sintomas, e retorna ao gol, que vinha sendo defendido por Luan.

Últimas