Com febre, Honda não treina e vira dúvida para jogo do Botafogo na Copa do Brasil

A torcida do Botafogo pode ter de esperar mais um pouco para ver Keisuke Honda em campo. O clube informou neste domingo, em boletim médico, que o japonês teve febre e não participou do treino do dia, no Engenhão.

Depois de ficar de fora do clássico com o Flamengo, neste sábado, em que o alvinegro perdeu por 3 a 0, pela Taça Rio, Honda tinha estreia confirmada para a partida contra o Paraná, na próxima terça-feira. O confronto no Engenhão é duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O Botafogo, inclusive, está utilizando o japonês como "garoto-propaganda" da venda de ingressos para o jogo desta terça. O quadro febril, no entanto, coloca a situação em risco. A diretoria espera cerca de 40 mil torcedores no estádio, mas a incerteza sobre Honda pode reduzir a presença de público.

O meia japonês de 33 anos é o grande reforço alvinegro para a temporada até o momento. Longe dos gramados desde 14 de dezembro, quando disputou sua última partida pelo Vitesse, Honda foi anunciado pelo Botafogo em 31 de janeiro deste ano.

A torcida preparou uma recepção de gala na chegada do jogador ao Rio. Após chegar a dar as negociações encerrada, o clube espera fechar nos próximos dias a contratação de outra estrela internacional: o marfinense Yaya Touré, de 36 anos.