Com espírito renovado, Thiago Galhardo festeja boa fase e a titularidade no Inter

Aos 31 anos, Thiago Galhardo se sente com o entusiasmo de um novato no Internacional. Após 15 jogos, cinco gols e quatro assistências, o experiente meia-atacante afirmou, nesta segunda-feira, em entrevista coletiva, que o estilo ofensivo do técnico Eduardo Coudet o ajudou a ganhar a vaga de D'Alessandro entre os titulares no time gaúcho.

"Imagino que esse seja o melhor início nos meus 12 anos como profissional. Enquanto a gente está feliz, as coisas estão acontecendo dentro de campo. O que facilita os meus bons números é a forma que o Chacho joga. Eu sempre joguei em times reativos, jogando por contra-ataque. Jogar de forma ativa me faz estar mais perto do gol. Porque o Chacho nos pede essa intensidade para marcar e recuperar a bola o mais próximo do gol possível",, disse Galhardo.

Apesar da euforia pelo começo entusiasmante no Inter, Galhardo admite que ainda não está na forma física ideal por causa da parada imposta pela pandemia do coronavírus. "Eu imagino que estou uns 80%, 85% fisicamente. Espero atingir o pico em no máximo cinco jogos. Precisamos de cinco, seis jogos para todos estarem 100%. Não vou contar os primeiros jogos. Já conto os últimos dois. Agora tem a final, o Brasileiro. Temos que nos preparar jogando, que é o que precisamos. Ritmo de jogo."

Galhardo se reapresentou, nesta segunda-feira, assim como todo o elenco colorado, mas, junto com os demais titulares, fez apenas um treino regenerativo. Já os reservas, com a companhia de atletas das categorias de base, realizaram um trabalho tático.

O primeiro Gre-Nal da final do segundo turno do Campeonato Gaúcho está marcado para quarta-feira, às 21h30, na Arena do Grêmio. O segundo duelo ainda não tem data definida. O vencedor vai encarar o Caxias, campeão do primeiro turno.