Esportes Com dores nas costas, técnico Mozart passará por cirurgia e desfalca Chapecoense

Com dores nas costas, técnico Mozart passará por cirurgia e desfalca Chapecoense

Apesar de ter carimbado o passaporte às semifinais ao vencer o Hercílio Luz, no jogo de volta das quartas de final, e se manter vivo na briga pelo bi do Campeonato Catarinense, a Chapecoense não acordou com uma boa notícia nesta quinta-feira. Isso porque, devido às muitas dores, o técnico Mozart terá que passar por uma cirurgia para corrigir uma hérnia de disco na coluna.

Segundo o médico do clube, Carlos Mendonça, o procedimento será realizado já nesta sexta-feira. A ideia do comandante era realizar a cirurgia apenas no fim do Campeonato Brasileiro, mas devido às fortes dores e a limitação motora, foi indicado pelos médicos a realização neste momento. Prova disso, é que no duelo contra o Hercílio Luz o comandante ficou sentado praticamente todo os 90 minutos.

Com isso, Mozart não ficará à frente da equipe no primeiro jogo das semifinais contra o Marcílio Dias, que já acontece neste domingo, fora de casa, no estádio Gigantão das Avenidas, em Itajaí (SC), às 19 horas. Na ocasião, o auxiliar Denis Iwamura ficará à beira do gramado. Apesar da dor, o técnico comemorou a classificação para a sequência do mata-mata.

"Feliz com a vitória e a classificação. Gostei bastante do desempenho do primeiro tempo. No segundo, achei que oscilamos mais do que deveríamos. É a minha primeira vitória aqui, nós tínhamos a obrigação de ganhar. Temos uma margem de crescimento e, de consequência, equilibrar os dois tempos", afirmou.

Últimas