Com desfalque, Diniz cogita novas mudanças na defesa do São Paulo para o clássico

Após surpreender no domingo com uma nova dupla de zaga no São Paulo, o técnico Fernando Diniz pode aparecer com novas surpresas para o setor no clássico com o Corinthians, domingo, às 11 horas, pela sexta rodada do Brasileirão. A partida será disputada no Morumbi.

Sem nenhuma motivação especial, Diniz trocou toda a zaga são-paulina no fim de semana. Os jovens Diego e Léo formaram uma dupla inédita na defesa da equipe, em substituição a Arboleda e Bruno Alves.

A mudança deu certo no domingo e também nesta quarta-feira. O time venceu o Sport e o Athletico-PR pelo mesmo placar de 1 a 0. Ou seja, sem sofrer gols. Contra o Sport, havia sido apenas a segunda vez que a equipe não era vazada desde a retomada das competições, sendo a primeira em duelo fora de casa.

Mas, para o clássico, o treinador deve realizar ao menos uma mudança no setor. O lateral-esquerdo Reinaldo levou o terceiro cartão amarelo diante da equipe paranaense, em jogo adiantado da 11ª rodada, e virou desfalque certo para o primeiro clássico do São Paulo neste Brasileirão.

Para o seu lugar, Diniz pode escalar justamente Léo, que é lateral de origem, mas vem exibindo boa performance na zaga. "O Léo, de fato, está entregando aquilo que eu esperava como zagueiro. Jogou bem as duas partidas. E ele é lateral, é uma coisa para pensar para o clássico, estou pensando desde que o Reinaldo tomou o amarelo", admitiu o treinador, após o triunfo sobre o Athletico-PR. Se isso acontecer, Arboleda e Bruno Alves devem ganhar nova entre os titulares.

Mudanças vão acontecer também no meio-campo. Daniel Alves, atuando como armador, deixou o jogo de quarta com fortes dores no braço direito, onde levou um chute de Fernando Canesin. Horas depois foi confirmada a fratura na principal contratação do time nos últimos anos. Vetado, ele deve dar lugar a Hernanes, que fez boa atuação diante do Athletico, em jogo que marcou seu retorno ao time após a queda precoce da equipe no Paulistão.

"Vamos ver quem vai ter condição", disse Diniz, antes do exame confirmar a fratura em Daniel Alves. "O Reinaldo fez dois grandes jogos, na Ilha do Retiro e hoje. Muito concentrado, gostaríamos de contar com ele no clássico. O Daniel, a gente sabe o que ele representa para o São Paulo, foi uma contratação de ouro. Sempre se posiciona pelo time, dá a cara a tapa, dá exemplo nos treinamentos. Quem não conhece o Daniel de perto não consegue mensurar o quanto ele é importante", afirmou.