Esportes Com 75 pontos de meta, Cuca prevê taça no Mineirão e quer vitória no clássico

Com 75 pontos de meta, Cuca prevê taça no Mineirão e quer vitória no clássico

Das nove partidas que restam ao Atlético-MG no Campeonato Brasileiro, cinco delas serão realizadas no Mineirão e a primeira, neste domingo, às 16 horas, no clássico diante do América-MG pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na previsão do técnico Cuca, quatro vitórias e um empate vão garantir ao líder do competição quebrar o jejum de 50 anos do título nacional. O time, que soma 62 pontos, alcançaria os 75 pontos, meta do treinador.

"Temos nove jogos, 27 pontos possíveis. Se somarmos 13 pontos, batemos 75, e dificilmente alguém vai alcançar este número. Por mais que Flamengo e Palmeiras tenham grandes elencos, ninguém aguenta", disse Cuca, após a vitória sobre o Grêmio na quarta-feira, diante de mais de 56 mil torcedores.

A força do Mineirão lotado será mais uma vez um dos trunfos do Atlético, afinal os enlouquecidos torcedores precisaram de apenas três horas para adquirirem os mais de 60 mil bilhetes colocados à venda para o clássico.

"Hoje o Palmeiras e o Flamengo têm (cerca de) 62% de aproveitamento, um pouco menos o Palmeiras, que tem dois jogos a mais. Para chegarem a 74 pontos, eles vão ter que ter 73% de aproveitamento. Ou seja, 11% a mais do que têm hoje. E, neste momento do campeonato, é muito difícil estabelecer uma alta. A instabilidade é geral em termos físicos, desgaste, cartão, isso para todos", concluiu o treinador atleticano.

Mas para que a matemática de Cuca seja ratificada o Atlético precisa passar pelo América e depois por Corinthians, Juventude, Fluminense e Red Bull Bragantino. Desta forma, não precisaria de ponto algum afastado do Mineirão. A taça seria conquistada na penúltima rodada contra o representante de Bragança Paulista.

Enquanto o panorama ideal ainda não passa de um desejo do treinador, o Atlético entra campo com quase toda sua força. O atacante Keno, desfalque na vitória do Atlético-MG sobre o Grêmio, faz tratamento de um edema na parte posterior da coxa direita e é dúvida para encarar o América.

LIBERTADORES - Sonhando com uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América, o América deve repetir a escalação que bateu o Fortaleza, por 2 a 1, na rodada passada, diante do líder Atlético. O técnico Marquinhos Santos não tem desfalques por suspensão, no entanto, há uma dúvida em cima de Zárate.

O atacante deixou o campo contra o Fortaleza reclamando de dores musculares, mas não deve ser problema para o clássico. O argentino ainda citou a importância da vitória para o América subir na tabela de classificação, além de quebrar um tabu de cinco anos. O último triunfo do América diante do rival foi no dia 1 de maio de 2016, quando venceu por 2 a 1, na partida de ida da decisão do estadual.

"Essa partida serve para seguirmos em um caminho importante, até um objetivo que será histórico para o clube. Não estamos pensando no que passou, estamos pensando em conseguir os três pontos para seguir no caminho que eu falei", explicou Zárate.

Marquinhos Santos só não poderá contar com jogadores que já estavam no departamento médico. São eles: o lateral Eduardo, além dos atacantes Kawê e Berrío.

Há três jogos sem perder, o América aparece com 38 pontos, ainda de olho em uma vaga na Libertadores. A zona de rebaixamento já ficou para trás, e, neste momento, não é mais uma realidade dentro do clube.

Últimas