Esportes COI diz ter respondido à questão sobre paradeiro da tenista Peng Shuai e planeja reunião

COI diz ter respondido à questão sobre paradeiro da tenista Peng Shuai e planeja reunião

OLIMP-2022-BACH-PENG:COI diz ter respondido à questão sobre paradeiro da tenista Peng Shuai e planeja reunião

Reuters - Esportes

PEQUIM (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) respondeu à pergunta sobre o paradeiro da tenista chinesa Peng Shuai após encontrá-la durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, disse o presidente do COI, Thomas Bach, nesta quarta-feira.

O bem-estar da ex-número um do mundo em duplas tornou-se uma questão de preocupação global quando ela aparentemente alegou nas mídias sociais em novembro que um ex-vice-premiê chinês, Zhang Gaoli, a havia agredido sexualmente no passado. Ela posteriormente negou ter feito a acusação, afirmando ter se tratado de um "mal-entendido", o que não diminuiu a preocupação internacional em torno do caso.

Após esse post, que foi rapidamente removido, ela desapareceu da vista do público por quase três semanas e a Associação de Tênis Feminino suspendeu todos os torneios na China devido a preocupações com sua segurança.

O COI já foi criticado por sua postura durante a saga. A Human Rights Watch disse que o interesse do COI parecia ser manter os Jogos nos trilhos, não o bem-estar dos atletas, uma alegação rejeitada pelo comitê.

A presença de Peng durante os Jogos de Inverno era alvo de especulação desde que o COI disse que planejava se encontrar com ela em Pequim.

Em uma entrevista no domingo, Peng negou ter acusado alguém de agressão sexual. Bach a encontrará no sábado para jantar.

"Estávamos tentando responder à pergunta que todos faziam: 'Onde está Peng Shuai?' É por isso que adotamos essa abordagem centrada no ser humano desde o início", disse Bach a repórteres.

"É por isso que a convidamos para uma reunião aqui, para mostrar a todos que não é apenas um esforço único. Manteremos esse contato. Respondemos à pergunta 'onde está Peng Shuai?' Continuamos convidando-a para vir a Lausanne."

A sede do COI fica na cidade suíça e Bach disse que uma reunião provavelmente acontecerá durante os meses de verão (no hemisfério norte). O COI afirmou que apoiará qualquer decisão que ela tome sobre sua alegação, quer ela deseje uma investigação ou não.

(Reportagem da Reuters TV)

Últimas