Chelsea acerta com marroquino do Ajax na 1ª contratação depois de punição da Fifa

Punido pela Fifa com a proibição de fazer contratações por duas janelas de transferências, depois diminuída para uma pela Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em esporte), o Chelsea anunciou nesta quinta-feira o seu primeiro reforço desde o final da punição. Trata-se do meia-atacante marroquino Hakim Ziyech, de 26 anos e nascido na Holanda, que está no Ajax.

Apesar da contratação ter sido fechada entre os clubes nesta quinta-feira, a transferência só será concluída no início de julho deste ano, quando a janela do verão europeu for aberta. Para contar com o meia-atacante marroquino, o Chelsea pagará 40 milhões de euros (R$ 190 milhões) fixos, mais quatro milhões de euros (R$ 19 milhões) em variáveis por metas.

Esta é a primeira contratação de Frank Lampard como treinador do Chelsea. Um dos motivos da ofensiva inglesa por Ziyech é o fato de o brasileiro Willian e o espanhol Pedro serem jogadores que estão em final de contrato e que ainda não renovaram os seus vínculos com a equipe de Londres.

Ziyech fez toda a sua carreira na Holanda. Ele começou Heerenveen, depois passou pelo Twente e desde 2016 está no Ajax. Está com 18 jogos no Campeonato Holandês desta temporada e possui seis gols e 13 assistências. Recentemente também foi eleito para a seleção africana do ano de 2019.

Uma curiosidade da negociação é que o clube holandês postou um vídeo com lances de Ziyech nas redes sociais com um recado para o Chelsea: "Ei, Chelsea. Você tem que acreditar na magia dele. E grandes coisas vão acontecer".