Chapecoense vence Avaí no clássico e assume a vice-liderança da Série B

A Chapecoense levou a melhor sobre o Avaí no clássico catarinense disputado na manhã deste domingo ao vencer o rival por 1 a 0, na Arena Condá, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time de Chapecó está invicto em sua casa, onde ainda também não sofreu gols.

Com o resultado, a Chapecoense chegou aos 16 pontos e assumiu a vice-liderança da competição, atrás apenas do Paraná, que tem dois pontos a mais, mas disputou também uma partida a mais.

O Avaí, com nove pontos, é o 11º colocado e perdeu a oportunidade de se aproximar do grupo dos quatro primeiros colocados, que começa com o Cuiabá, com cinco pontos a mais.

A Chapecoense começou a partida pressionando em busca do primeiro gol e foi superior durante boa parte do primeiro tempo. Com a marcação avançada e impedindo o Avaí de sair jogando com tranquilidade, o time da casa criou boas chances e exigiu bastante trabalho do goleiro Lucas Frigeri.

As melhores chances antes do intervalo caíram nos pés do atacante Paulinho Moccelin, que não conseguiu aproveitar. O Avaí, apostando nos contra-ataques, quase não ameaçou a meta defendida por João Ricardo.

Na segunda etapa, a superioridade da Chapecoense enfim se traduziu em gol. Aos nove minutos, Matheus Ribeiro deu belo passe para Perotti, que avançou em velocidade e bateu rasteiro para o fundo do gol.

Após o gol, o Avaí tentou responder, mas sem conseguir entrar na defesa adversária, apostava principalmente em chutes de fora da área. Valdívia e Daniel Amorim chegaram a arriscar chutes com perigo, mas João Ricardo evitou o empate.

O Avaí volta a campo na próxima sexta-feira, quando recebe a Ponte Preta, na Ressacada, em Florianópolis (SC), pela nona rodada da Série B. A Chapecoense, por sua vez, joga a final do Campeonato Catarinense, contra o Brusque, na Arena Condá, na quarta.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 X 0 AVAÍ

CHAPECOENSE - João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Luiz Otávio e Rafael Santos; Willian Oliveira, Anderson Leite (Lima) e Ronei (Foguinho); Paulinho Moccelin (Busanello), Aylon (Anselmo Ramon) e Perotti (Régis Tosatti). Técnico: Umberto Louzer.

AVAÍ - Lucas Frigeri; Arnaldo (Emerson Tucão), Rafael Pereira, Betão e Capa; Ralf (Gastón Rodriguez), Pedro Castro, Jean (Bruno Silva) e Valdívia; Romulo (Lourenço) e Daniel Amorim. Técnico: Geninho.

GOL - Perotti, aos 9 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (SC).

CARTÕES AMARELOS - Joílson, Willian Oliveira, Anderson Leite, Paulinho Moccelin e Perotti (Chapecoense); Capa e Bruno Silva (Avaí).

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).