Esportes Chapecoense vence, amplia crise no Avaí e mantém vantagem na liderança da Série B

Chapecoense vence, amplia crise no Avaí e mantém vantagem na liderança da Série B

A Chapecoense deu mais um passo rumo à elite do Campeonato Brasileiro na noite desta terça-feira e aumentou a crise no rival Avaí ao ganhar o clássico catarinense por 2 a 0, em plena Ressacada, pela 27ª rodada da Série B.

Na liderança isolada, a Chapecoense chegou aos 54 pontos e manteve a vantagem sobre o vice-líder América-MG, que tem 50 e mais cedo havia vencido o Sampaio Corrêa.

Por outro lado, o Avaí fez a sua primeira partida desde a saída de Geninho - Evando Camilatto comandou interinamente - e chegou ao quarto jogo sem vitória, em décimo lugar, com 37 pontos.

A julgar pelos primeiros minutos, nem parecia que o jogo era disputado na Ressacada. A Chapecoense começou com tudo em cima do Avaí e criou duas boas chances. Na primeira, Anselmo Ramon finalizou de primeira nas mãos de Lucas Frigeri. Depois, Paulinho Moccelin bateu rente à trave. A pressão surtiu efeito aos 11.

Paulinho Moccelin cobrou falta para dentro da área, Lucas Frigeri saiu mal e foi encoberto pela bola. O Avaí esboçou uma reação, mas a Chapecoense seguia criando os principais lances de perigo. Paulinho Moccelin tocou por cobertura do goleiro e Alan Costa salvou em cima da linha. Antes do intervalo, Romulo quase empatou em chute cruzado.

O segundo tempo começou aberto. Romulo exigiu grande defesa de João Ricardo e a resposta da Chapecoense veio com Anselmo Ramon perdendo gol dentro da pequena área. Depois, Alan Ruschel cobrou falta e Lucas Frigeri mandou para escanteio.

Em busca do empate, o Avaí partiu com tudo para cima e assustou em chute por cobertura de Gastón Rodriguez, defendido por João Ricardo, mas viu a Chapecoense fechar o caixão aos 36 minutos no contra-ataque. Paulinho Moccelin deu passe preciso para Roberto. Livre, o polivalente jogador só tirou de Lucas Frigeri, dando números finais a partida.

O Avaí volta a campo na sexta-feira, contra a Ponte Preta, às 19h15, no Moisés Lucarelli, em Campinas. No sábado, a Chapecoense recebe o CRB, às 21 horas, na Arena Condá, em Chapecó. Os jogos são válidos pela 28ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 0 x 2 CHAPECOENSE

AVAÍ - Lucas Frigeri; Edilson, Fagner Alemão, Alan Costa e Iury (Ramon Pereira); Jean Martim, Pedro Castro e Valdívia (Vinícius Jaú); Rildo (Getúlio), Romulo (Vinícius Leite) e Rodrigão (Gastón Rodriguez). Técnico: Evando Camillato (interino).

CHAPECOENSE - João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Derlan e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Ronei (Guedes) e Aylon (Perotti); Mike (Roberto), Anselmo Ramon (Foguinho) e Paulinho Moccelin (Busanello). Técnico: Umberto Louzer.

GOLS - Paulinho Moccelin, aos 11 minutos do primeiro tempo, Roberto, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edilson, Iury, Getúlio, Fagner Alemão e Jean Martim (Avaí); Alan Ruschel, Derlan e Paulinho Moccelin (Chapecoense).

ÁRBITRO - Savio Pereira Sampaio (DF).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Últimas