Esportes Cássio faz 550 jogos pelo Timão neste sábado e alcança Cláudio

Cássio faz 550 jogos pelo Timão neste sábado e alcança Cláudio

Goleiro atingirá marca na partida contra o Red Bull Bragantino. O alvinegro completa dez temporadas defendendo a meta do time

Lance
Jogador disse que pretende jogar até os 40 anos

Jogador disse que pretende jogar até os 40 anos

Lance!

Cássio completará 550 jogos pelo Corinthians quando entrar em campo contra o Red Bull Bragantino, igualando-se a Cláudio, o maior artilheiro da história do clube, neste sábado (2). Será mais uma marca atingida pelo goleiro, que está em sua décima temporada defendendo a camisa alvinegra e quer mais. Apesar de tudo, ele ainda se sente surpreso com o tamanho que alcançou na história corintiana.

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, véspera do duelo com o Massa Bruta, Cássio falou com a imprensa sobre a superação dessas marcas e os seus próximos objetivos dentro do Timão. Entre eles está o de jogar até os 40 anos, se estiver em forma e podendo disputar títulos em alto nível.

"Cheguei à décima temporada pensando ano a ano, para goleiro tenho bastante futebol ainda, vêm evoluindo muito os treinamentos. Tenho em mente jogar até os 40, me cuidando dentro e fora, tendo desempenho bom, brigando por títulos. Espero ficar muito tempo vestindo a camisa do Corinthians."

"A gente olha para trás e vê o que construiu, que valeu a pena todo o sacrifício. Me sinto feliz, estar no Corinthians sempre te motiva a querer mais, a bater marcas, a bater metas. Não que eu vá quebrar recordes e desmerecer pessoas que fazem parte da história, tenho respeito por todas, elas ajudaram a fazer essa história", completou o camisa 12.

Apesar de tudo que atingiu pelo Corinthians, Cássio continua sem ter a real noção do que representa dentro do clube. Por essas e outras, está focado em seguir trabalhando, com pragmatismo, e desfrutar as consequências disso, que devem ser mais recordes e recordes nos próximos anos de futebol.

"Confesso que até hoje não tenho noção. Vejo como algo bom para ter humildade, pés no chão, e seguir se dedicando, almejando coisas maiores. Sempre penso ano a ano, e estou na décima temporada. Quando você trabalha e se dedica, as coisas vão acontecendo. Bati metas que eu nem sabia, vou lá no mural e vejo, fico lisonjeado, mas prefiro viver o dia a dia, construí uma coisa bem bacana aqui, respeito que tenho por todo mundo. Vou completar 550 jogos, tenho que agradecer a muita gente que acreditou em mim e no meu trabalho, que me ajudou, o pessoal que trabalha aqui, amigos e família."

Com sua continuidade no clube e titularidade incontestável, a tendência é que no ano que vem Cássio ultrapasse Ronaldo Giovanelli como o goleiro que mais defendeu o Timão na história. Faltam cerca de 50 partidas para igualar as 602 do também ídolo da Fiel torcida e hoje comentarista esportivo na Band.

"Posso até passar o Ronaldo, mas para mim ele sempre vai ser o maior goleiro da história do Corinthians. Posso ter mais títulos, mas é um cara que respeito. E fico feliz, não tem vaidade, ele fala superbem comigo. Ronaldo, Julio Cesar, Dida, Gylmar, entre tantos goleiros que passaram por aqui e fizeram a história do Corinthians ser grandiosa, fico feliz em dar continuidade", concluiu.

O Corinthians entra em campo às 19h, fora de casa, pela 23ª rodada do Brasileirão 2021. Atualmente, o Timão ocupa a sexta posição na tabela, com 33 pontos em 22 jogos disputados.

Técnico de time dos EUA é demitido após acusações de assédio sexual

Últimas