Esportes Carol Solberg/Bárbara Seixas avança para a chave principal de etapa no México

Carol Solberg/Bárbara Seixas avança para a chave principal de etapa no México

A segunda de uma série de três consecutivas em Cancún, no México, competição de nível quatro estrelas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, começou com a disputa do qualifying. Nesta fase, que é realizada com jogos eliminatórios, foram definidas as últimas vagas no grupo principal do torneio. Entre os classificados está a dupla brasileira Bárbara Seixas/Carol Solberg.

O Brasil já tinha outras seis duplas garantidas na chave principal: Ágatha/Duda, Ana Patrícia/Rebecca e Taiana/Talita no torneio feminino; e Bruno Schmidt/Evandro, Alison/Álvaro Filho e André/George na competição masculina.

Com uma das melhores posições no ranking mundial entre as duplas participantes do qualifying, Bárbara Seixas e Carol Solberg precisaram entrar em quadra apenas uma vez. Elas venceram a dupla norueguesa Helland-Hansen/Lund por 2 sets a 1 (21/12, 18/21 e 15/13).

No torneio principal, Bárbara e Carol caíram no Grupo E, o mesmo de Talita/Taiana, dupla que ficou com o ouro no primeiro evento do Hub Mexicano. Na estreia, as duas primeiras enfrentam as holandesas Keizer e Meppelink. Já Talita e Taiana jogam contra as francesas Placette e Richard.

Ágatha e Duda estão no Grupo A e enfrentam Quintero/Torres, do México, no primeiro jogo. Já Ana Patrícia/Rebecca entra em quadra contra as argentina Gallay e Pereyra, pelo Grupo F.

TORNEIO MASCULINO TERÁ TRÊS DUPLAS - Pedro Solberg e Arthur Lanci jogaram o qualifying, mas não conseguiram seguir na disputa. Eles largaram com vitória sobre os noruegueses Henrik Mol e Solhaug por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17). No entanto, não conseguiram a vaga na próxima fase, pois foram superados por Try Bourne e Trevor Crabb, dos Estados Unidos, em dois sets diretos (22/20 e 21/18).

Os brasileiros garantidos pelo ranking iniciam na competição nesta sexta-feira. Alison/Álvaro Filho enfrenta os suecos Ahmane e Hellvig, e André/George encara os holandeses Brouwer e Meeuwsen, ambos jogos pelo Grupo D. Evandro e Bruno Schmidt têm pela frente os canadenses Saxto e O´Gorman pelo Grupo H.

Todos os três torneios em Cancún contam pontos para a corrida mundial por vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e distribuirão aproximadamente US$ 900 mil (o equivalente a R$ 5,1 milhões) juntos. As duplas vencedoras somarão 800 pontos no ranking. O primeiro torneio aconteceu entre os dias 16 e 20 deste mês. Para fechar, o terceiro evento acontece do próximo dia 28 até 2 de maio.

Últimas