Esportes Campeãs festejam tri da América com 'Vai, Corinthians', dança e agradecimentos

Campeãs festejam tri da América com 'Vai, Corinthians', dança e agradecimentos

Assim que o jogo com o Independiente Santa Fe acabou, com vitória por 2 a 0 para o Corinthians, no Gran Parque Central, no Uruguai, iniciou-se uma enorme festa pela terceira conquista da Copa Libertadores em cinco disputas seguidas. As jogadoras do Corinthians dançaram, cantaram, mandaram beijos e fizeram muitos agradecimentos após mais uma campanha perfeita, só com vitórias, e a volta do título para o clube. Sempre com o já tradicional "Vai, Corinthians", a comemoração invadiu a madrugada.

"Um sonho realizado, não consigo descrever os sentimentos nesse momento!", postou Gabi Portilho, que deu assistência para Adriana e fechou o placar na final, viu uma caneta sua em adversária colombiana virar destaque na Conmebol e foi a grande incentivadora das companheiras às danças.

Portilho sempre festeja os gols com coreografias e dancinhas e desta vez foi além. Depois do apito, ela ainda dançou com a taça nos braços e até dormiu abraçada ao maior símbolo da conquista.

Camisa 10 do time e uma das mais experientes do vencedor grupo, Gabi Zanotti também comemorou muito seu terceiro título da Libertadores. Gritou, tirou selfies e revelou que, além de forte, o Corinthians é estudioso.

"A gente sabia da qualidade, analisamos elas, e vimos o que tinham de bom individualmente e no coletivo. Foi bom, elas têm um grupo interessante, mas tivemos calma pra superar as adversidades e a pressão que elas fizeram. Tivemos calma e hoje somos campeãs", afirmou, ressaltando a qualidade das colombianas, algozes de Avaí Kindermann, nas quartas, e da então campeã Ferroviária, na semifinal.

Dona de nove assistências e quatro gols na temporada, Zanotti iniciou a jogada do gol de Gabi Portilho, que deixou o Corinthians mais tranquilo na decisão deste domingo ao abrir 2 a 0 no placar.

"Gente, Corinthians campeão mais uma vez. Muito obrigada, vocês não fazem ideia como somam para o time, são mais uma jogadora dentro de campo. Muito obrigada, mesmo (pelo apoio). Vocês que ficaram em São Paulo, o staff, as outras meninas, vocês fazem parte desse trabalho, é de todos vocês, beijos", dividiu os méritos a camisa 8 Diany, não menos radiante.

Últimas