Esportes Campeão da Volta da França arrecada R$ 1,7 milhão para luta contra coronavírus

Campeão da Volta da França arrecada R$ 1,7 milhão para luta contra coronavírus

Na luta contra o novo coronavírus vale até pedalar pelo tempo que ultrapassa um dia inteiro. Foi isso o que fez o ciclista britânico Geraint Thomas, campeão da Volta da França em 2018, para arrecadar 300 mil libras (cerca de 1,7 milhão de reais) para o sistema de saúde britânico (NHS, na sigla em inglês). Ele pedalou sobre um rolo de treino por 36 horas.

"Eu ouvi tantas histórias sobre o que eles (médicos e enfermeiros) fazem que isso me deu vontade de tentar ter um pequeno papel e ajudar um pouco", declarou o ciclista ao canal de TV inglês BBC. Geraint Thomas revelou que a sua mãe, uma enfermeira aposentada, voltou a trabalhar em um hospital de Cardiff, capital do País de Gales, para ajudar no combate à pandemia da covid-19.

Além do título da Volta da França, Geraint Thomas é bicampeão olímpico de perseguição por equipes, em 2008 (Pequim) e 2012 (Londres). Ele alcançou o seu objetivo em três dias após pedalar por 12 horas por dia em sua garagem em Cardiff.

"Sem exagerar, as duas últimas horas foram as mais extenuantes de toda minha carreira. Eu mal conseguia sentar", declarou o ciclista. "Até então, minha pedalada mais longa havia sido de 8 horas e 20 minutos em grupo, com uma pausa para um café", lembrou o campeão de 33 anos.

"Eu vou precisar de uma semana para me recuperar", admitiu Geraint Thomas, após pedalar o equivalente a nove etapas da Volta da França em três dias.

Últimas