Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Campeão após 33 anos, Napoli fecha temporada com vitória, entrega do scudetto e festa

|Do R7


O Napoli reservou o domingo para encerrar sua campanha de título no Campeonato Italiano com festa e vitória no estádio Diego Armando Maradona. O título italiano da temporada 2022/2023 havia sido confirmado pelo Napoli em um jogo fora de casa contra a Udinese, com cinco rodadas de antecedência. Com isso, o jogo deste domingo, pela 38ª rodada, terminou com vitória por 2 a 0 sobre a Sampdoria, com direito a estádio lotado, entrega do tradicional scudetto e cerimônia oficial de premiação da equipe.

O Napoli não vencia o Campeonato Italiano desde a temporada 1989/1990, quando tinha Maradona como principal estrela de uma equipe com outros nomes lendários, como o atacante brasileiro Careca. Duas temporadas antes, venceu a liga nacional pela primeira vez, em 1987/1988, também sob o comando de Maradona.

O placar da 28ª vitória do Napoli foi aberto com gol de Victor Osimhen, um dos pilares da reconstrução do time napolitano. Com 26 gols nesta temporada, o nigeriano se tornou o primeiro jogador africano a ser o artilheiro do Campeonato Italiano. O outro gol da vitória foi marcado pelo argentino Giovanni Simeone, que homenageou Maradona na comemoração. A campanha marcante do Napoli termina com 90 pontos, o melhor ataque com 77 gols e também a melhor defesa, com apenas 28 sofridos.

O Napoli teve muito mais volume de jogo no primeiro tempo, finalizou nove vezes, mas em nenhuma das tentativas mais perigosas acertou a direção do gol. O goleiro Turk praticamente não precisou fazer defesas. Já a Sampdoria criou duas boas oportunidades, porém com mais perigo. No começo do jogo, Gabbiadini se esticou por uma bola, mas Meret saiu bem na cobertura.

Publicidade

Já no fim da primeira etapa, Quagliarella recebeu livre na área para cabecear, mas a bola foi para fora, raspando a trave. O jogo foi sem gols para o intervalo. O atacante, que atuou com a camisa do Napoli e está prestes a se aposentar, chegou a receber homenagens de torcedores e se emocionou durante o pré-jogo.

O Napoli acertou a mira no vestiário e começou a carimbar o gol da Sampdoria no segundo tempo. Pressionando o time visitante, os comandados de Spalletti conseguiram um pênalti aos 19 minutos, quando Victor Osimhen invadiu a área e foi derrubado. O próprio atacante nigeriano cobrou, o goleiro acertou o lado, mas não conseguiu defender, 1 a 0.

Após o gol, as chances ficaram ainda mais frequentes e o Napoli esteve mais próximo de ampliar do que a Sampdoria de empatar. Aos 40, Giovanni Simeone desencantou com uma linda finalização de fora da área, fazendo 2 a 0. O atacante, filho de Diego Simeone, não marcava desde o dia 29 de janeiro, quando fez gol na vitória por 2 a 1 sobre a Roma.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.