Braz garante 'tranquilidade' e 'paz' para Domènec trabalhar no Flamengo

O desempenho abaixo do esperado e os resultados ruins provocam cobranças e críticas da torcida a Domènec Torrent por parte da torcida do Flamengo. Esse cenário foi reconhecido nesta segunda-feira pelo vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, que garantiu entender o desapontamento e até ouvi-lo com atenção, mas destacou que o treinador espanhol precisa de tempo para desenvolver o seu trabalho. E terá "tranquilidade" e "paz" para isso.

"A torcida está certa em fazer as cobranças, e estamos aqui para analisar, ouvir a todos, só que temos nossas avaliações e informações. O técnico está começando um trabalho e não teve tempo nenhum para que começasse efetivamente a expor seu trabalho", afirmou o dirigente.

Braz avaliou que o desafio do Flamengo é enorme sob o comando de Domènec, pois se espera a manutenção do alto nível de futebol e de resultados conquistados sob o comando do antecessor, o português Jorge Jesus, que foi campeão brasileiro e da Copa Libertadores, além de ter faturado os títulos estadual, da Recopa Sul-Americana e da Supercopa do Brasil antes de deixar o comando do time para assumir o Benfica.

"A importância da torcida, a avaliação da torcida sempre será importante para quem está nesta cadeira. Até porque, são grandes as expectativas da torcida em função dos resultados que esse grupo obteve em 2019 e 2020. Somos um pouco refém desses campeonatos que ganhamos", acrescentou Braz.

O vice-presidente de futebol prometeu que o clube dará o respaldo para Domènec implementar a sua filosofia de jogo no Flamengo. Assegurou, assim, que não há cobrança, mas apoio ao treinador espanhol por parte da diretoria.

"Será dado a ele, como a todos os outros que passaram aqui na gestão do (Rodolfo) Landim (presidente do clube), o mesmo empenho, carinho e, mais do que nunca, a tranquilidade e paz que precisa para acertar", concluiu.

Sob o comando de Domènec, o Flamengo faz campanha ruim, com cinco pontos somados em cinco jogos, ocupando o 13º lugar no Brasileirão, com apenas 33,3% de aproveitamento. O próximo compromisso será domingo, na Vila Belmiro, diante do Santos.