Esportes Brasil fica sem representantes nos 100 metros rasos feminino nos Jogos de Tóquio

Brasil fica sem representantes nos 100 metros rasos feminino nos Jogos de Tóquio

O atletismo brasileiro não tem mais representantes na prova dos 100 metros rasos feminino. Nesta sexta-feira, Rosângela Santos ficou apenas com o 28º tempo, ao completar a prova em 11s33, enquanto Vitória Rosa nem entrou na pista, se poupando para os 200 metros rasos.

Rosângela e Vitória Rosa ficaram fora das semifinais da prova e vão se concentrar na disputa do revezamento 4x100, quando participarão com a equipe brasileira. "Foi muito aquém do que eu gostaria. O tempo foi muito ruim. Errei muito. A minha saída foi muito ruim, deveria ter reagido melhor na largada, isso pode ter me custado a prova", disse Rosângela, após a corrida.

"Mas agora é focar no revezamento. Ainda tenho mais uma missão aqui em Tóquio. Vamos treinar para ajudar no revezamento (4x100). Não se pode mudar o passado, vamos focar no futuro e esquecer o que passou. Vamos trabalhar porque tem mais coisas para fazer", completou a velocista.

Marie-Josee Lou, da Costa do Marfim, fez o melhor tempo das eliminatórias, com 10s78, seguida pelas jamaicanas Elaine por Thompson-Herah (10s82) e Shelly-Ann Fraser-Pryce (10s84).

Últimas