Esportes Botafogo supera CSA por 2 a 0, vence o segundo jogo seguido e respira na Série B

Botafogo supera CSA por 2 a 0, vence o segundo jogo seguido e respira na Série B

Pressionado, o Botafogo chegou à segunda vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro na noite desta terça-feira, com 2 a 0 sobre o CSA, no Engenhão, no Rio de Janeiro, em partida atrasada da sexta rodada. Marco Antônio e Diego Gonçalves marcaram os gols.

No fim de semana o time carioca já havia vencido o Confiança, por 1 a 0, no Sergipe. Com as duas vitórias consecutivas, o Botafogo subiu na classificação, ocupando agora o 11.º lugar, com 19 pontos. Fica quatro pontos atrás do Goiás, quarto colocado. O CSA, por sua vez, voltou a perder após três jogos, permanecendo com 18 pontos, mas agora em 12.º, ultrapassado justamente pelos cariocas.

Expulso logo em sua estreia, contra o Confiança, o técnico Enderson Moreira teve de cumprir suspensão e não pôde ficar no banco de reservas. O time foi dirigido por seu auxiliar técnico, Luís Fernando.

Com bola rolando, os primeiros 45 minutos tiveram um Botafogo sem criatividade, porém bastante empenhado em abrir o placar. Já o CSA, apesar do toque de bola, mostrou falta de repertório e finalizou apenas uma vez em direção ao gol. Com ligeira superioridade, o Botafogo abriu o placar aos 42 minutos. Rafael Navarro dividiu com a defesa e tocou para Marco Antônio, que dominou dentro da área e finalizou na saída do goleiro Thiago Rodrigues.

Na etapa final, o Botafogo seguiu mais disposto em campo e ampliou o placar logo aos sete minutos. Novamente Rafael Navarro ganhou disputa de bola com a marcação e, desta vez, tocou para Diego Gonçalves invadir a área e chutar com a perna esquerda, no canto do goleiro.

Inoperante, o CSA foi para cima e deixou espaços na defesa. Aos 27 minutos, Chay puxou contra-ataque, encarou a marcação, passou por dois adversários e finalizou na saída do goleiro, que fez uma linda defesa, evitando o terceiro gol. O time alagoano esboçou pressão na reta final da partida, mas esbarrou na forte marcação do Botafogo e não conseguiu evitar a derrota.

O Botafogo terá o clássico carioca com o Vasco, no próximo sábado, às 21 horas, no Engenhão, enquanto o CSA voltará a campo no domingo, diante do Remo, às 18h15, no Baenão, em Belém.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 2 x 0 CSA

BOTAFOGO - Diego Loureiro; Daniel Borges, Lucas Mezenga, Gilvan e Guilherme Santos; Pedro Castro (Matheus Frizzo), Barreto, Diego Gonçalves (Romildo), Chay (Luís Oyama) e Marco Antônio (Ênio); Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Luís Fernando (auxiliar).

CSA - Thiago Rodrigues; Matheus Felipe, Lucão, Fabrício e Ernandes; Geovane, Silas (Giva Santos), Renato Cajá (Reinaldo) e Gabriel; Bruno Mota (Yago) e Dellatorre (Ewerton). Técnico: Ney Franco.

GOLS - Marco Antônio, aos 42 minutos do primeiro tempo. Diego Gonçalves, aos 7 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gilvan (Botafogo-RJ) e Matheus Felipe e Bruno Mota (CSA).

ÁRBITRO - Douglas Schwengber da Silva (RS).

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Últimas