Esportes Bicampeã olímpica, Sheilla é convocada para a seleção brasileira

Bicampeã olímpica, Sheilla é convocada para a seleção brasileira

Bicampeã olímpica, a oposta Sheilla foi convocada pelo técnico José Roberto Guimarães para a seleção brasileira feminina de vôlei, nesta sexta-feira. A atleta de 37 anos vai contribuir com sua experiência na preparação do time no Centro De Desenvolvimento De Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Ela vai se apresentar na segunda-feira.

Sheilla busca disputar sua quarta Olimpíada da carreira. Ela faturou a medalha de ouro nos Jogos de Pequim-2008 e Londres-2012. A jogadora pode ser a única remanescente desta conquista da seleção nos Jogos de Tóquio, em julho deste ano. Entre as demais, Thaísa anunciou recentemente sua aposentadoria da seleção, enquanto Fabiana está grávida e Jaqueline não vem sendo convocada pelo treinador.

Após disputar a Olimpíada do Rio, em 2016, Sheilla se afastou das quadras por quase três anos para se tornar mãe. Voltou em 2019 e disputou a Superliga feminina pelo Itambé/Minas. No mesmo ano, já voltou a ser convocada para a seleção brasileira.

Nesta temporada, ela atuou nos Estados Unidos, na criação de uma liga de desenvolvimento, ao defender as cores da equipe Athletes Unlimited. O torneio foi finalizado em março. E Sheilla já voltou ao Brasil.

Agora ela se juntará a Adenízia, Bia, Mayany, Carol, Carol Gattaz, Macris, Dani Lins, Roberta, Camila Brait, Nyeme, Fernanda Garay, Natália, Ana Cristina, Tandara, Lorenne e Rosamaria, que já trabalham em Saquarema (RJ).

Neste ano, a seleção feminina tem como primeiro compromisso a Liga das Nações, que vai acontecer em sistema de "bolha", na cidade de Rimini, na Itália. A competição será disputada entre 25 de maio e 20 de junho.

Últimas