Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bia Haddad estreia com 'bicicleta' no US Open e agora desafia a campeã de 2019

Brasileira levou apenas 60 minutos para derrotar adversária croata e avança para a segunda rodada 

|Do R7


Bia Haddad venceu com duplo de 6/0 em estreia no US Open
Bia Haddad venceu com duplo de 6/0 em estreia no US Open

Beatriz Haddad Maia estreou da melhor maneira possível no US Open, com direito a "bicicleta" sobre a croata Ana Konjuh, 118ª do mundo. A brasileira avançou à segunda rodada de maneira arrasadora, com o duplo 6/0 em somente uma hora de jogo, e agora encara a canadense Bianca Andreesku, campeã do Grand Slam em 2019, pela segunda rodada. A grega Maria Sakkari também avançou aplicando pneu, em dia de boas vitórias de Daniil Medvedev, de Cásper Ruud e do veterano Andy Murray.

Bia Haddad precisou de 60 minutos para atropelar a tenista croata. Impondo seu jogo ofensivo e com belas devoluções, a brasileira somou um resultado bastante difícil no tênis, sobretudo em Grand Slams. O triunfo sem perder games serve de motivação extra para a possível batalha da segunda rodada, contra Andreesku, que também estreou bem, com 6/0, 3/6 e 6/1 sobre a francesa Harmony Tan.

A brasileira fechou o primeiro set em apenas 25 minutos. Sempre em vantagem no serviço da Konjuh e confirmando seu serviço com facilidade, abriu logo 5 a 0. A rival tentou evitar o pneu e conseguiu ter dois breakpoints no game 6. Mas acabou não conseguindo se impor, e Bia fez 6 a 0.

O segundo set foi semelhante, com a diferença de que a croata teve chances de quebra dos serviços de Bia Haddad. Após salvar dois breakpoints com 3 a 0 e um com 5 a 0, a brasileira aproveitou a falta de ritmo da oponente para se garantir com o incrível resultado.

Publicidade

Cabeça de chave número 3 em Nova York, Maria Sakkari levou um susto ao ver a alemã empatar o jogo ao fechar o segundo set por 6/3 – a grega fez 6/4 na primeira parcial. Disposta a espantar a zebra, voltou com tudo no set decisivo e aplicou um imponente "pneu" para avançar.

Outras cabeças de chave que se garantiram na segunda rodada foram a francesa Caroline Garcia (17ª), que passou por Kamilla Rakhimova, com 6/2 e 6/4; a russa Veronika Kunermetova (18ª), com 7/5 e 6/3 diante da croata Donna Vekic; e a americana Alison Riske (29ª), que levou a melhor sobre a compatriota Eleana Yu, com 6/2 e 6/4.

Publicidade

MASCULINO

Líder do ranking masculino, Daniil Medveded precisou de apenas duas horas e um minuto para desbancar o local Stefan Kozlov. Sem trabalho, o russo confirmou o favoritismo com 6/2, 6/4 e 6/0. Com um pouco mais de esforço, o norueguês Cásper Ruud também avançou no último Grand Slam do ano, ao fazer 6/3, 7/5 e 6/2 diante do britânico Kyle Edmund.

Campeão em 2012, o veterano Andy Murray teve um rival duro no sorteio da chave. De cara, o argentino Francisco Cerundolo, 24º cabeça do US Open. Depois de um primeiro set mais duro, mas com triunfo por 7/5, o britânico se impôs e fechou em 3 a 0, com duplo 6/3 na sequência. Agora ele enfrenta o americano Emílio Nava.

Veja os clubes que mais gastaram até aqui na janela de transferências

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.