Esportes Avaí oficializa pedido de impugnação de duelo diante do CSA por caso de covid-19

Avaí oficializa pedido de impugnação de duelo diante do CSA por caso de covid-19

O que já era esperado foi, enfim, confirmado. Nesta terça-feira, o Avaí comunicou ao Superior Tribunal de Justiça (STJD) o pedido pela impugnação do duelo que terminou em 1 a 1 com o CSA, no último sábado, em Maceió, pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

Os catarinenses reclamam da situação envolvendo o meia-atacante Valdívia, que precisou ser substituído no intervalo do confronto após ser diagnosticado com a covid-19, o novo coronavírus.

"O que ocorreu nessa partida, ao desrespeitar o protocolo, ou seja, ir contrário ao que as normas legais determinam, fica claro que o clube sofreu um dano sem precedentes, mudando diretamente um resultado de jogo, justamente porque as equipes são adversárias diretas na são adversários diretos na briga pela classificação à Série A do Campeonato Brasileiro", explicou o Avaí, que prosseguiu:

"Por isso do pedido de anulação da partida junto a este Tribunal, já que, por entender que houve erro na aplicação do protocolo do COVID19, o Avaí F.C teve um prejuízo flagrante e incalculável. Ora, a CBF não pode ser notificada sobre os resultados de COVID19 antes dos médicos do Avaí F.C. Nobres Julgadores, estamos diante de uma manipulação do resultado do exame de COVID19 para prejudicar o Avaí, beneficiando, indiretamente o CSA", completou.

O documento, um e-mail, foi encaminhado ao presidente do STJD, Otávio Noronha. Os catarinenses ainda pedem explicações à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), questionando a necessidade da alteração que tirou o atleta de campo.

Restando apenas três jogos para o término da Série B, o Avaí soma 49 pontos e se distanciou da briga pelo acesso. No entanto, caso o duelo seja remarcado, os catarinenses poderiam somar mais dois e teriam mais chances de acesso.

Últimas