Automobilismo Schumacher é eleito por torcedores como pessoa mais influente da F-1

Schumacher é eleito por torcedores como pessoa mais influente da F-1

Piloto, que ainda tem estado de saúde mantido sob sigilo, detém os recordes de sete títulos mundiais e 91 vitórias ao longo da carreira vitoriosa

Reuters - Esportes
Michael Schumacher ficou em primeiro, com ex-diretor Bernie Ecclestone em segundo

Michael Schumacher ficou em primeiro, com ex-diretor Bernie Ecclestone em segundo

Lluís Gené/EFE - 24.1.2001

O heptacampeão mundial Michael Schumacher foi escolhido como a pessoa mais influente da história da Fórmula 1 em uma votação de torcedores no site oficial da modalidade.

O resultado foi revelado nesta quarta-feira (13), o 70º aniversário do primeiro Grande Prêmio de Silverstone de 1950, tido como a corrida inaugural da categoria.

Schumacher, piloto lendário da Ferrari que não é visto em público desde que sofreu lesões cerebrais graves em um acidente de esqui em 2013, derrotou o ex-chefe da F-1, Bernie Ecclestone, com 61% dos votos no páreo final.

O alemão detém os recordes de títulos e vitórias (91), mas o hexacampeão Lewis Hamilton ameaça superar as duas marcas.

Em rodadas anteriores da votação, Schumacher derrotou os falecidos campeões Niki Lauda, Ayrton Senna e Juan Manuel Fangio, além de Enzo Ferrari, fundador da equipe homônima.

Uma comissão de especialistas produziu uma lista final de 32 nomes dividida em quatro categorias: pilotos, chefes de equipe, inovadores técnicos e revolucionários.

A F-1 disse que milhares de torcedores participaram, mas não deu detalhes.

Interlagos faz 80 anos: relembre vitórias dos brasileiros na Fórmula 1

Últimas