Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Povoado onde Schumacher viveu será demolido, mas história do ex-piloto ficará intacta

Heptacampeão viveu em Kerpen, no vilarejo de Manheim, na Alemanha, e local dará espaço para a maior mina de carvão do país

Automobilismo|Do R7

Locais do bairro onde Schumacher viveu estão abandonados
Locais do bairro onde Schumacher viveu estão abandonados Locais do bairro onde Schumacher viveu estão abandonados

O povoado onde viveu o heptacampeão de Fórmula 1, Michael Schumacher, será demolido para dar espaço para a maior mina de carvão à céu aberto da Alemanha.

Na cidade de Kerpen, no bairro de Manheim, que fica a cerca de 30 quilômetros de Colônia, o ex-piloto deu início na carreira automobilística, mas atualmente apenas 12 pessoas vivem no local. Os moradores tentam reverter a situação.

A memória do ex-piloto, no entanto, será preservada no lugar. A casa onde o alemão viveu, a pista de kart de Erftlandring — que foi palco do alemão para aperfeiçoar as habilidades — e uma igreja são os únicos três locais de toda a vila que não serão destruídos. O irmão de Michael, o ex-piloto Ralf Schumacher, disse estar feliz que os locais serão mantidos.

· Compartilhe esta notícia pelo Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia pelo Telegram

"O kartódromo foi recentemente asfaltado e parte dele está em um terreno que me pertence. Eu moro bem ao lado. Tentamos promover jovens pilotos alemães, o que já é bastante difícil na Alemanha neste momento", pontuou para o jornal alemão "Auto Bild".

Publicidade

Um único local que possui valor sentimental para a família Schumacher será destruído: a casa na rua Forsthausstraße, 92. A residência foi a primeira em que o ídolo da Ferrari e a esposa Corinna viveram depois de se casarem, em 1995.

No vilarejo, as casas estão com tapumes e tábuas de madeira e com grama alta. Os locais estão abandonados e de portas fechadas, e a vegetação começa a tomar espaço nas ruas e estradas. As demolições para a construção da mina de carvão serão iniciadas em 2024.

Publicidade

Michael Schumacher sofreu um acidente de esqui em 2013 e, desde então, não fez mais aparições públicos. Amigos próximos do piloto, como o jornalista de Fórmula 1 Roger Benoit, afirmam que o caso do ex-piloto alemão é "sem esperança".

'Um caso sem esperança', revela jornalista sobre o estado de saúde de Schumacher

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.