Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Hamilton e Leclerc são desclassificados do GP dos Estados Unidos de F1 por 'violação técnica'

Heptacampeão tinha conquistado o 2º lugar, enquanto o monegasco terminou a corrida em 6º; equipes justificaram os erros

Automobilismo|Do R7

Na corrida sprint, Hamilton e Leclerc terminaram em 2º e 3º, respectivamente
Na corrida sprint, Hamilton e Leclerc terminaram em 2º e 3º, respectivamente Na corrida sprint, Hamilton e Leclerc terminaram em 2º e 3º, respectivamente

Uma investigação dos comissários do GP dos Estados Unidos acabou ocasionando uma reviravolta no resultado final da corrida no circuito de Austin, no Texas, neste domingo (22). Por "violação técnica", Lewis Hamilton, da Mercedes, que cruzou em segundo lugar, e Charles Leclerc, da Ferrari, em sexto, foram desclassificados.

O relatório do delegado da prova afirmou que os carros do heptacampeão e do monegasco "não estavam em conformidade com o Artigo 3.5.9 e) do Regulamento Técnico da Fórmula 1 de 2023". Os casos foram imediatamente encaminhados aos comissários.

As equipes rapidamente enviaram um representante para falar com os comissários, afirmando que "o alto desgaste nas pastilhas de derrapagem foi provavelmente resultado da combinação única da pista acidentada e do cronograma de corrida sprint que minimizou o tempo para configurar e verificar o carro antes da corrida".

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Os Comissários observaram que "cabe ao competidor garantir que o carro esteja em conformidade com os regulamentos em todos os momentos durante um evento. Neste caso particular, a derrapagem traseira na área definida no relatório do Delegado Técnico estava fora dos limites descritos no Artigo 3.5.9 e do Regulamento Técnico de Fórmula 1 da FIA, que inclui uma tolerância ao desgaste" e mantiveram a punição.

Com a confirmação da desclassificação, o resultado final só não teve modificação no primeiro lugar, de Max Verstappen, da Red Bull, atual tricampeão por antecedência. Lando Norris, da McLaren, assumiu o segundo posto, com Carlos Sainz, da Ferrari, completando o pódio.

Publicidade

Sergio Pérez passou para quarto e ampliou sua vantagem sobre Hamilton na briga pelo segundo lugar no Mundial de Pilotos. Antes, a distância tinha caído para somente 19 pontos, com 238 diante de 219 do piloto da Mercedes. Com a punição a Hamilton, agora são 240 contra 201, restando quatro etapas.

Leia também

George Russell saltou do sétimo lugar para o quinto, com Pierre Gasly em sexto, Lance Stroll em sétimo, Yuki Tsunoda em oitavo, e a Williams colocando seus dois pilotos na zona de pontuação, com Alex Albon herdando o nono lugar e Logan Sargeant conquistando seu primeiro ponto na Fórmula 1 com o 10º lugar.

Verstappen segue líder no mundial de Fórmula 1, só que na grana Hamilton reassumiu a liderança

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.