Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Drugovich pode ganhar título da F-2 em Monza e levar Brasil ao topo após 22 anos

Piloto paranaense está perto de se sagrar campeão com uma rodada de antecedência. Brasileiro larga na sétima posição neste sábado

Automobilismo|Do R7

Felipe Drugovich pode ser campeão da Fórmula 2 neste sábado
Felipe Drugovich pode ser campeão da Fórmula 2 neste sábado Felipe Drugovich pode ser campeão da Fórmula 2 neste sábado

Neste fim de semana, em Monza, o Brasil pode voltar a conquistar o título da Fórmula 2. O paranaense Felipe Drugovich pode se sagrar campeão com uma etapa de antecedência. A última vez em que um brasileiro ficou com o troféu da categoria foi em 2000, com Bruno Junqueira. À época o torneio ainda se chamava Fórmula 3000.

Felipe Drugovich, da holandesa MP Motorsport, pode comemorar o título já neste sábado na corrida sprint do Grande Prêmio da Itália. Para isso, ele pouco precisa fazer. O brasileiro soma 233 pontos, ante 164 do francês Théo Pourchaire, único concorrente ao troféu da Fórmula 2.

Leia também

Há apenas mais duas etapas na temporada: Monza, na Itália, e Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, totalizando 76 pontos em jogo. Com a diferença de 69 para o segundo colocado, Drugovich está muito próximo de levar o título.

Na corrida sprint de Monza, Felipe Drugovich partirá da sétima colocação, enquanto Théo Pourchaire largará em 14º, tornando a missão do brasileiro cada vez mais tranquila. Se terminar à frente do francês, Drugovich será campeão neste sábado. Mas ele pode até se dar ao luxo de finalizar a primeira corrida atrás do concorrente para soltar o grito de campeão. Entenda:

Publicidade

Se Pourchaire ganhar, Drugovich precisa ficar em 3º e ter a volta mais rápida; se Pourchaire for 2º, Drugovich pode terminar em 4º ou 5º e ter a volta mais rápida; se Pourchaire for 3º, Drugovich pode ser 6º ou 7º e ter a volta mais rápida; se Pourchaire for 4º, Drugovich precisa ser 7º ou 8º e ter a volta mais rápida; se Pourchaire for 5º, Drugovich pode ser 8º ou ter a volta mais rápida; se Pourchaire terminar de 6º em diante, Drugovich não precisa pontuar para ser campeão.

O bom desempenho de Felipe Drugovich na categoria tem elevado a expectativa de fãs para vê-lo no grid da Fórmula 1 em 2023. A imprensa europeia tem repercutido nos últimos dias a possibilidade do brasileiro conseguir uma vaga na Alpine, no lugar de Fernando Alonso, ou na AlphaTauri, dependendo de uma dança das cadeiras com Pierre Gasly.

Publicidade

Em entrevista ao Estadão, Felipe Drugovich revelou que seu foco era na conquista de uma vaga como piloto reserva. Obviamente, uma chance de ser titular não será desperdiçada pelo paranaense.

"Meu objetivo é estar na Fórmula 1 o quanto antes possível, mas isso depende muito de como vou estar até lá. Hoje em dia, acaba sendo normal esperar um ano. A gente viu o (Oscar) Piastri. Mas estou trabalhando para estar na Fórmula 1, seja como titular ou reserva", afirmou Drugovich.

Publicidade

A largada da corrida sprint do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 2, em Monza, está agendada para este sábado, às 13h (horário de Brasília). A corrida principal, em que Drugovich parte em quarto, acontece no domingo, às 5h05. As provas poderão ser acompanhadas no BandSports e nos canais digitais da Band.

Rainha Elizabeth 2ª viveu momentos marcantes também nos esportes; confira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.