Astro da NBA, Giannis Antetokounmpo tem redes sociais invadidas: 'Fui hackeado'

O pivô grego Giannis Antetokounmpo, um dos astros da NBA, sofreu na quinta-feira a invasão de sua conta no Twitter, onde foram publicadas mensagens racistas e ofensivas a outros jogadores, segundo denúncia do próprio jogador e sua equipe. "Fui hackeado e a situação está sendo investigada. Os tuítes e posts foram extremamente inadequados e estou decepcionado e angustiado de que alguém dissesse essas coisas terríveis", disse.

Giannis Antetokounmpo publicou esta mensagem horas depois de eliminar uma série de publicações em sua conta no Twitter que incluíam comentários racistas e obscenos, alguns deles dirigidos a colegas de equipe e a outros jogadores como LeBron James e inclusive o falecido Kobe Bryant.

Uma das mensagens dizia que Giannis Antetokounmpo havia contraído o novo coronavírus e outro anunciava que iria fechar contrato com o Golden State Warriors. "As contas das redes sociais de Giannis Antetokounmpo foram hackeadas esta tarde e foram eliminadas. Uma investigação está sendo feita", informou o Milwaukee Bucks em sua conta no Twitter.

O jogador grego, por sua vez, pediu desculpas aos jogadores mencionados nas mensagens, entre eles LeBron James, Stephen Curry e seu colega dos Bucks Khris Middleton, e sobretudo à família de Kobe Bryant, falecido em janeiro em um acidente de helicóptero.

"Sinto-me especialmente mal pela família Bryant. Durante este tempo de dor não deve ser submetida a este tipo de negatividade e mau comportamento", afirmou Giannis Antetokounmpo, que no momento da suspensão da temporada da NBA pelo coronavírus tinha a sua equipe líder da Conferência Leste e da classificação geral.

A companheira do jogador, Mariah Danae Riddlesprigger, e seu irmão, Kostas Antetokounmpo, declararam em suas redes sociais que Giannis também sofreu invasão em suas contas bancárias e de e-mail.