Após sete anos, Chips Keswick deixa presidência do Arsenal ao final da temporada

Chips Keswick vai deixar de ser presidente do Arsenal ao final da temporada, após sete anos no cargo e 15 temporadas no conselho do clube londrino. Aos 80 anos, Keswick será substituído pelo bilionário empresário norte-americano Stan Kroenke e seu filho Josh.

Keswick, ex-diretor do Banco da Inglaterra, disse que seu plano sempre foi se aposentar no final desta temporada e que o objetivo não seria atrapalhado pelo surto do coronavírus.

"O clube está em boas mãos com Stan e Josh", disse Keswick, nesta quinta-feira. "Eu sei que o Arsenal emergirá fortemente após esta situação e estou ansioso, como todos os nossos torcedores espalhados ao redor do mundo, para ver a equipe em ação o mais rápido possível."]

Stan e Josh Kroenke disseram em um comunicado que os "extensos trabalhos de Kewick, seu

conhecimento e experiência, juntamente com o profundo amor pelo Arsenal, fizeram dele

o presidente perfeito".