Esportes Após apenas 18 dias de trabalho, técnico Argel Fuchs deixa comando do CSA

Após apenas 18 dias de trabalho, técnico Argel Fuchs deixa comando do CSA

Após apenas 18 dias, o técnico Argel Fuchs deixou o comando do CSA, nesta quinta-feira. A equipe alagoana ocupa a lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro. O anúncio foi feito pelo vice-presidente Omar Coelho, com promessa de encontrar o terceiro técnico somente neste Campeonato Brasileiro da Série B. O dirigente não deu detalhes sobre a causa da demissão.

O auxiliar-técnico fixo do clube, Adriano Rodrigues, vai comandar os treinos de sexta-feira e dirigir o time contra o Cruzeiro, em jogo marcado para sábado, às 21 horas, no estádio Rei Pelé em Maceió (AL).

Esta foi a segunda vez que Argel Fuchs dirigiu o CSA e o problema maior parece ter sido a primeira, ano passado, quando ele trocou o time pelo Ceará na reta final da competição. Faltavam apenas três rodadas para acabar o Brasileirão e o CSA acabou rebaixado à Série B. A sua volta foi contestada por parte da torcida, que protestou no CT e também nas redes sociais.

Mesmo assim, o técnico vinha tentando recuperar o time que sofreu no início da Série B com a covid-19. No total, 22 membros contraíram a doença. O técnico Eduardo Baptista caiu por conta da falta de bons resultados e o mesmo acontece agora com Argel.

Argel vinha reformulando o elenco e pedia mais um prazo em torno de 30 a 40 dias para colocar o time nos trilhos. Mas a diretoria não concordou e optou por esta nova mudança. Em quatro jogos disputados, Argel perdeu três e empatou um. A última diante do Cuiabá, por 2 a 1, de virada, na quarta-feira em casa.

Agora fica a expectativa de quem será o terceiro técnico do CSA apenas nesta Série B. Por enquanto, o time é o último colocado da tabela, com apenas quatro pontos em oito jogos. O Cruzeiro, seu próximo adversário, tem oito pontos e ocupa a 14ª rodada.

Últimas