Esportes Aos 19 anos, Iga Swiatek surpreende em Paris ao conquistar 1º título de Grand Slam

Aos 19 anos, Iga Swiatek surpreende em Paris ao conquistar 1º título de Grand Slam

TENIS-SWIATEK-SLAM:Aos 19 anos, Iga Swiatek surpreende em Paris ao conquistar 1º título de Grand Slam

Reuters - Esportes

PARIS (Reuters) - Assegurar o primeiro título de Grand Slam é uma tarefa árdua, mas Iga Swiatek, de 19 anos, coroou quinze dias extraordinários ao conquistar o Aberto da França com uma vitória tranquila sobre Sofia Kenin por 6 -4 e 6-1 neste sábado.

Swiatek, que perdeu apenas 23 games no caminho para a final, teve outra exibição audaciosa e se tornou a primeira tenista polonesa a ganhar um título de Grand Slam individualmente.

Apenas por um breve período no primeiro set Swiatek mostrou alguma fraqueza, deixando escapar uma vantagem de 3-0, mas depois de garantir o set inicial muito disputado, ela passeou rumo à vitória, embora a quarta cabeça-de-chave Kenin pareceu ter sido prejudicada por uma lesão na coxa.

Campeã do Aberto da Austrália, Kenin, de 21 anos, precisou de tratamento em 1-2 no segundo set e, na retomada, Swiatek foi implacável, selando o título com um forehand, seu 25º golpe vencedor na partida.

Swiatek, que estava em 54º lugar no ranking mundial antes do torneio em Roland Garros, é a mulher mais jovem a vencer o Aberto da França desde Monica Seles em 1992 e a primeira a fazê-lo sem perder nenhum set desde Justine Henin em 2007.

Depois de assegurar a vitória, ela foi até as arquibancadas para comemorar com a família, incluindo o pai Tomasz, ex-remador olímpico, e seu técnico Piotr Sierzputowski.

"Foi impressionante para mim. Dois anos atrás, ganhei um Grand Slam juvenil e agora estou aqui. Parece que foi um tempo tão curto. Estou simplesmente estarrecida", declarou Swiatek, a mulher com a classificação mais baixa a vencer o Aberto da França desde que os rankings foram introduzidos em 1975.

"Outro azarão vence um Grand Slam no tênis feminino, é uma loucura."

Foi um triste final de torneio para Kenin, que não conseguiu encontrar o bom jogo que a levou a superar Petra Kvitova nas semifinais.

(Por Martyn Herman)

Últimas