Esportes Anderson Silva diz que irá se aposentar após luta com Uriah Hall em 31 de outubro

Anderson Silva diz que irá se aposentar após luta com Uriah Hall em 31 de outubro

Um dos grandes astros do MMA confirmou que irá se aposentar do esporte em breve. O brasileiro Anderson Silva afirmou que pretende parar de lutar após o confronto com Uriah Hall, no UFC Fight Night 181, marcado para 31 de outubro.

"Essa é a última luta. Com certeza, essa é a última luta. Eu amo o esporte. Eu preparei minha mente para isso. Me preparei para lutar minha vida inteira, mas, sim, essa é a minha última luta no UFC", afirmou Silva durante entrevista ao site MMA Junkie.

Anteriormente, Anderson Silva havia se demonstrado relutante em confirmar que seria a última luta da carreira, mesmo com Dana White, presidente do UFC, tendo anunciado. O contrato do lutador com a organização previa mais dois combates, que, assim, não ocorrerão.

Anderson também contou do que mais sentirá saudades após deixar os octógonos. "Eu acho que (vou sentir mais falta) do treinamento. Preparar minha mente, preparar o meu corpo. Isso eu acho que é o mais importante, e eu fico triste por não ter mais isso. Esse é o último", lamentou.

Aos 45 anos, Anderson é um dos lutadores mais veteranos do UFC. O cartel do brasileiro tem 45 lutas, com 34 vitórias (22 por nocaute), dez derrotas e uma que terminou sem resultado. Campeão dos pesos médios (até 84kg) por sete anos, entre 2006 e 2013, é amplamente considerado como um dos maiores atletas do MMA em todos os tempos.

Últimas