Esportes Algoz de Nadal, Zverev vira sobre Berrettini e é campeão do Masters de Madri

Algoz de Nadal, Zverev vira sobre Berrettini e é campeão do Masters de Madri

Responsável por eliminar os favoritos Rafael Nadal e Dominic Thiem, o alemão Alexander Zverev conquistou o título do Masters 1000 de Madri, na Espanha, neste domingo. Na final, ele venceu o italiano Matteo Berrettini por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (8/10), 6/4 e 6/3, em confronto que durou 2 horas e 42 minutos.

Zverev não vencia um torneio desta categoria desde 2018, quando foi campeão justamente em Madri. No total, ele tem quatro títulos de Masters 1000, já que, além das conquistas na Espanha, venceu duas vezes durante 2017, em Roma, na Itália, e em Montreal, no Canadá. Ainda nesta temporada, em março, faturou o ATP 500 de Acapulco. Agora, o alemão de 25 anos, sexto colocado no ranking mundial, soma 15 títulos na carreira.

Do outro lado, após disputar pela primeira vez uma final de Masters 1000, Berrettini deixa Madri sem o título, mas conquista uma posição no ranking, subindo para o nono lugar. Neste ano, ele também venceu o ATP 250 de Belgrado e colocou fim a um jejum de dois anos sem títulos.

Alemão e italiano fizeram uma final equilibrada, cujo primeiro set durou pouco mais de uma hora. Berrettini era ligeiramente superior tanto na primeira parcial quando na maior parte da segunda. Zverev demorou para esboçar reação, mas ela veio nos games finais do set. Menos hesitante, passou a disparar bolas vencedoras, fechou a parcial e forçou a disputa da terceira e decisiva parcial.

Ganhando confiança a cada game, o alemão passou a dominar os pontos. Ele terminou o duelo sofrendo apenas uma quebra de saque, contra quatro do italiano. Berrettini se destacou nas bolas vencedoras. Foram 32 contra 16 de Zverev. Ao mesmo tempo, o italiano cometeu 50 erros não-forçados, diante de 28 do alemão.

Últimas