Esportes Ainda sem Barroca, Botafogo tenta surpreender o líder São Paulo no Morumbi

Ainda sem Barroca, Botafogo tenta surpreender o líder São Paulo no Morumbi

O Botafogo está longe de viver seus melhores dias. Vice-lanterna, o alvinegro carioca tenta engrenar uma sequência de resultados positivos para reagir e superar a crise no Brasileirão. Ainda sem o técnico Eduardo Barroca, a equipe tem a árdua tarefa de tentar surpreender o líder São Paulo no Morumbi, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), em partida adiada da 18ª rodada.

Diagnosticado com a covid-19, Barroca ainda não poderá comandar sua equipe contra o rival paulista. De acordo com protocolo da CBF, o técnico precisa ficar afastado ao menos 10 dias após o resultado positivo do teste. Ainda que esteja assintomático, o comandante deve ficar afastado até pelo menos quinta-feira. Quem comanda o time alvinegro é o auxiliar Felipe Lucena.

Não é só a baixa de Barroca a má notícia no Botafogo. A equipe está perto de igualar sua maior sequência de derrotas desde que o Campeonato Brasileiro começou a ser disputado por pontos corridos. Em 2014, ano em que foi rebaixado, o time anotou um total de seis derrotas seguidas. Se cair diante do São Paulo, igualará esta marca.

A marca é ainda um pouco pior. O Botafogo não vence desde 11 de outubro, levando em conta também os compromissos pela Copa do Brasil. Desde a vitória por 2 a 1 sobre o Sport, o clube carioca soma dez partidas sem vencer, sendo três empates e sete derrotas.

Em caso de triunfo, o Botafogo passa dos 20 para os 23 pontos, ficando um ponto abaixo do Vasco, na 17ª colocação, e dois abaixo do Sport, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Últimas