Esportes ACM Neto libera treinamentos de clubes em Salvador, mas com série de restrições

ACM Neto libera treinamentos de clubes em Salvador, mas com série de restrições

Antônio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador, liberou nesta segunda-feira os treinamentos na capital da Bahia, mas impôs diversas restrições aos clubes de futebol. O novo posicionamento da prefeitura é um alívio para o Vitória, uma vez que o Bahia já realiza as suas atividades nas cidades vizinhas de Dias D'Ávila e Camaçari.

"Aquele coletivo que às vezes ensaia uma partida de futebol não está permitido. Só treinos individuais, assegurando o distanciamento entre um metro e meio entre atletas e funcionários. O funcionamento está restrito a 50% dos funcionários e atletas. Os clubes precisarão fazer um revezamento. Vamos limitar a 50%", explicou ACM Neto.

Os clubes que quiserem treinar na capital baiana ainda terão que medir a temperatura, diariamente, de todos aqueles que estiverem no CT, além de ser proibido atividades em ambiente fechado e presença de torcedores, imprensa e pessoas não relacionadas ao treinamento. Os times também terão que vacinar todos contra a H1N1 e fazer testes de covid-19.

"Todas as medidas valem para os centros de treinamento de futebol profissional. O mais diretamente afetado no momento é o Barradão, já que o Bahia treina em Dias D'Ávila, no CT Evaristo de Macedo, embora o Bahia tenha nos ajudado na elaboração dos protocolos", completou o prefeito de Salvador.

O Campeonato Baiano está paralisado desde meados de março. Os clubes entraram de férias em abril e, depois, passaram a treinar de forma individual e online.

Últimas