Esportes Abel Ferreira lamenta campanha do Palmeiras no Mundial: 'Saímos com cicatrizes'

Abel Ferreira lamenta campanha do Palmeiras no Mundial: 'Saímos com cicatrizes'

O técnico Abel Ferreira disse nesta quinta-feira que o quarto lugar do Palmeiras no Mundial de Clubes, no Catar, serve como aprendizado tanto para ele para o elenco. Em entrevista coletiva após perder a disputa da terceira colocação para o Al Ahly, do Egito, o português afirmou que a experiência obtida no torneio servirá de aprendizado para todos no time.

O Palmeiras encerrou a participação com derrota nos pênaltis por 3 a 2 após o empate sem gols no tempo normal. Abel disse que se sente orgulhoso por ter conquistado a Libertadores e feito a equipe chegar ao Mundial, mesmo com a campanha no Catar ter terminado sem vitórias.

"Muita gente queria estar no meu lugar, no lugar dos meus atletas. Essa experiência vai nos deixar mais fortes. Saímos com cicatrizes, mas essas cicatrizes nos tornarão mais preparados para darmos uma resposta no futuro pela aprendizagem que tivemos aqui", afirmou Abel.

O treinador português de 42 anos declarou que por ser jovem, adquiriu no Mundial de Clubes uma bagagem muito importante para a carreira. E o mesmo vale para os atletas. "Com toda humildade, vou dizer: para mim, é tudo novo, sou muito jovem. Mesmo nosso time sendo jovem também, para nós é uma grande oportunidade vir ao Mundial, crescer com essa experiência. Foi negativa, temos que assumir. Mas a vida tem me ensinado que nos momentos de dor, temos de aprender", comentou.

A equipe agora retorna ao Brasil com uma agenda de jogos grande pela frente. Já no domingo, o Palmeiras enfrenta o Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro, e terá mais outros dois compromissos na mesma semana: um na quarta e outro na sexta. Ainda no fim do mês, a equipe decide a Copa do Brasil diante do Grêmio. O primeiro jogo será no dia 28 e o segundo em 7 de março.

Apesar de não ter vencido nenhum dos jogos no Catar, o técnico do Palmeiras afirma que isso não vai afetar a confiança da equipe para o restante das partidas da temporada. "Quando cheguei (ao clube), falaram que eu não títulos. Um título já temos (a Libertadores) e agora temos mais algumas oportunidades pela frente para conquistar e estaremos preparados para conquistar", explicou.

Abel minimizou também o fato de o Palmeiras não ter feito gols nas duas partidas disputadas no Mundial. "Não fizemos gols, mas os adversários só nos fizeram gols por pênalti. Só conseguiram fazer gol assim. Hoje foi assim. Conseguimos criar nossas chances", afimrou. "Fomos superiores. Sempre é muito bom ganhar, mas temos de saber perder", avaliou.

Últimas