Esportes Abel Braga compara futebol a luta de boxe: 'Ataca ou defende de acordo com rival'

Abel Braga compara futebol a luta de boxe: 'Ataca ou defende de acordo com rival'

O técnico Abel Braga comparou o futebol a uma luta de boxe após o seu time, o Internacional, vencer o Red Bull Bragantino, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e se consolidar na liderança do Campeonato Brasileiro após 33 rodadas. Ele admitiu que a equipe não teve uma boa atuação e assumiu novamente a estratégia de jogar menos com a posse de bola.

"O futebol é uma luta de boxe, você ataca ou defende de acordo com o adversário. Primeiro tempo foi razoável, tivemos um gol depois de muito tempo com uma jogada de lateral, sofremos um gol inesperado pela maneira que foi. Quando fizemos 2 a 1, não recuamos, tanto que tirei um jogador que compõe bem a nível de meio-campo e tem sido destaque da equipe, o Patrick. Eles nos empurraram porque é um time que gosta da bola, com capacidade", afirmou.

Abel Braga destacou o ânimo dos jogadores, que não se alterou diante dos problemas em campo por conta da boa atuação do rival paulista. "Nós não ficamos alheios ou totalmente desconcentrados e não deixamos de sofrer, como tem acontecido nos jogos. Não tem jogo fácil, fácil é para quem vê. Se passamos por um Gre-Nal que não se vencíamos há 11 partidas, não entrou ninguém de salto alto. Temos que correr bastante", comentou.

Mesmo com a sequência e a liderança folgada na competição, o treinador colorado pediu cautela para a torcida e foco para os atletas. "Ninguém aqui vai cantar de galo antes. Não faz o perfil da equipe, dos jogadores e, principalmente, do treinador", afirmou. "Como estamos numa liderança já há algum tempo, fica um clube a ser batido. É ter muita seriedade, continuar trabalhando, acreditando e pensar jogo a jogo, tem sido assim há muito tempo", acrescentou.

O Internacional agora soma 65 pontos na liderança do Brasileirão, cinco à frente do Atlético-MG, novo segundo colocado. Mas o Flamengo joga nesta segunda-feira contra o Sport, no Recife, e pode recuperar os quatro pontos de diferença. Na quinta, o time colorado enfrenta o Athletico-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 34.ª rodada.

Últimas