Esportes 76ers sofrem no fim, mas superam Clippers na NBA e se mantêm na ponta do Leste

76ers sofrem no fim, mas superam Clippers na NBA e se mantêm na ponta do Leste

O Philadelphia 76ers contou com um começo arrasador, oscilou, sofreu no fim, mas conseguiu assegurar a vitória sobre o Los Angeles Clippers por 106 a 109 na NBA. O duelo ficou marcado pela disputa entre os astros Joel Embiid e Paul George, os grandes nomes da partida. O pivô camaronês registrou 36 pontos, além de ter apanhado 14 rebotes, e o ala marcou 37 pontos.

Paul George assumiu a responsabilidade diante da ausência de Kawhi Leonard e estava com a mão afiada nas tentativas de três. No entanto, Joel Embiid provou porque está cotado para o prêmio de MVP da temporada regular e brilhou no garrafão, sofrendo inúmeras faltas e pontuando muito para ajudar a sua equipe a garantir a vitória.

Com o resultado positivo em casa, os Sixers chegaram a 39 vitórias na temporada e seguem firmes na liderança da Conferência Leste, com um triunfo a mais que o Brooklyn Nets, segundo colocado. Em terceiro no Oeste, os Clippers amargaram a 19ª derrota, quatro a mais que o Phoenix Suns, que aparecem no segundo lugar da conferência.

Líder da Conferência Oeste, o Utah Jazz precisou buscar uma virada nos últimos minutos para vencer o Indiana Pacers por 119 a 111 em casa. A má notícia para a franquia de Salt Lake City foi a lesão do armador Donovan Mitchell, que torceu o tornozelo direito e saiu de quadra carregado.

Os pivôs travaram um duelo particular. Rudy Gobert alcançou um "double-double" de 13 pontos e 22 rebotes, sendo cinco deles ofensivos. Do outro lado, o lituano Domantas Sabonis marcou 20 pontos e apanhou 15 rebotes.

Os Jazz ganharam um respiro na liderança do Oeste em relação ao principal perseguidor, o Phoenix Suns, ao chegar a 42 vitórias - o rival tem 40. No Leste, os Pacers continuam na nona colocação, dentro da zona de play-in.

O Washington Wizards ainda sonha em conquistar uma vaga no play-in. Na 12ª posição do Leste, a equipe da capital americana superou o New Orleans Pelicans (11º do Oeste) por 117 a 115 na prorrogação graças principalmente à exibição de gala de Russell Westbrook, que marcou 36 pontos, pegou 15 rebotes e foi fundamental para o terceiro triunfo seguido de sua equipe na NBA. Do outro lado, Brandon Ingram brilhou com 34 pontos.

Vice-líder do Leste, o Brooklyn Nets não teve dificuldades para superar um desfalcado Charlotte Hornets por 130 a 115. Kevin Durant liderou a vitória da equipe da capital ao ser o grande destaque do duelo, com 11 assistências e 25 pontos. Miles Bridges foi o cestinha do jogo, com 33 pontos. Pelo lado dos Hornets, também chamou a atenção a atuação de Terry Rozier, que deixou a quadra com 27 pontos e dez rebotes.

No primeiro confronto desde que o armador Jamal Murray rompeu o ligamento do joelho, o Denver Nuggets contou com uma grande noite de Nikola Jokic para vencer o Houston Rockets, lanterna do Oeste, por 128 a 99. O pivô sérvio terminou o jogo com 29 pontos e 16 rebotes, seis deles ofensivos. A equipe do Colorado é a quarta colocada do Oeste.

O pivô Isaiah Stewart comandou a vitória do lanterna da Conferência Leste, o Detroit Pistons, sobre o Oklahoma City Thunder, 13º no Oeste, por 110 a 104. No duelo dos desesperados, o jogador se destacou e saiu de quadra com um "double-double" de 22 rebotes e 15 pontos.

Confira os resultados dos jogos de sexta-feira da NBA:

Utah Jazz 119 x 111 Indiana Pacers

Detroit Pistons 110 x 104 Oklahoma City Thunder

Philadelphia 76ers 106 x 103 Los Angeles Clippers

Washington Wizards 117 x 115 New Orleans Pelicans

Brooklyn Nets 130 x 115 Charlotte Hornets

Toronto Raptors 113 x 102 Orlando Magic

Chicago Bulls 115 x 126 Memphis Grizzlies

Houston Rockets 99 x 128 Denver Nuggets

Minnesota Timberwolves 119 x 111 Miami Heat

San Antonio Spurs 106 x 107 Portland Trail Blazers

Dallas Mavericks 109 x 117 New York Knicks

Últimas