Segue o líder! Corinthians vence Palmeiras fora de casa e continua imbatível no Brasileirão

Com ótimas atuações de Arana e Romero, equipe alvinegra aumenta vantagem na liderança

De pênalti Jadson marcou o primeiro gol do Timão. Foi o oitavo dele na temporada
De pênalti Jadson marcou o primeiro gol do Timão. Foi o oitavo dele na temporada Estadão Conteúdo

"Não pensamos na invencibilidade. Pensamos em vencer o clássico". A afirmação de Rodriguinho antes do duelo desta quarta-feira (12) não podia ser tão precisa. Com mais uma excelente e cirurgica atuação o Corinthians venceu o Palmeiras no Allianz Parque, por 2 a 0, e segue mais líder do que nunca no Campeonato Brasileiro – agora são 12 pontos de vantagem para o segundo colocado. De quebra, em sua quinta vitória seguida na competição, o Timão ainda viu o goleiro Cássio intransponível mais uma vez: são sete partidas ou 637 minutos sem ser vazado.

Confira a tabela de classificação

Jogando longe de seus domínios o Corinthians iniciou a partida tirando a velocidade do Palmeiras. Pela esquerda, Arana e Romero formavam boa dupla na defesa e desciam com perigo nos contra-ataques. Do outro lado, empurrado por mais de 39 mil torcedores, os donos da casa apostavam em triangulações no setor ofensivo para tentar infiltrar na defesa alvinegra, mas, sem sucesso, pouco a pouco o Palmeiras passou a abusar dos cruzamentos, sempre parando nas cabeçadas dos gigantes Pablo e Balbuena.

A precisa exploração do lado esquerdo do ataque e a boa atuação de Arana e Romero deram ao Corinthians um pênalti aos 21 minutos. O atacante paraguaio recebeu na linha de fundo, rolou para Guilherme Arana que chegou antes na bola e foi calçado por Bruno Henrique. O árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Jadson bateu no cantinho, sem chances para Fernando Prass, que viu a bola tocar no pé da trave direita antes de entrar. Foi o oitavo gol do camisa 10 do Timão na temporada.

Dudu bem que tentou, mas o Palmeiras zerou em casa
Dudu bem que tentou, mas o Palmeiras zerou em casa Estadão Conteúdo

O duelo seguiu com o Corinthians jogando do jeito que mais gosta: sem a bola e saindo em velocidade pelos lados. O Palmeiras só chegou com perigo em cobrança de escanteio aos 40 minutos. Dudu levantou na área e Edu Dracena cabeceou para o meio. Thiago Santos dividiu com Cássio e a bola sobrou para Bruno Henrique, travado na hora do chute.

Cuca mexeu no Palmeiras para a segunda etapa e escalou um time mais ofensivo. O técnico sacou Bruno Henrique e mandou o colombiano Borja para o jogo. Com isso, Róger Guedes passou a atuar mais aberto pela direita e Tchê Tchê jogou ao lado de Thiago Santos no meio.

O time alviverde seguiu com a posse de bola e o Corinthians apostando nos contragolpes. E assim o Timão se mostrou letal mais uma vez. E assim a dupla Romero e Arena se consagrou de vez no Allianz Parque. Após outro lindo passe do atacante para Arena, o lateral marcou o segundo gol do Corinthians na partida, e o segundo dele na arena do rival – ele já havia anotado no Brasileirão de 2015.

"Fico muito feliz, é um sonho realizado. É a segunda vez que jogo aqui e o segundo gol. Futebol é isso aí, rivalidade, é sempre muito bom jogar Palmeiras x Corinthians", comemorou Guilherme Arana na saída de campo.

Com a vitória o Corinthians chegou aos 35 pontos, num aproveitamento de 89,7%, e fica numa cômoda situação na liderança do campeonato. Já o Palmeiras segue estacionado nos 19 pontos. Na próxima rodada o Timão recebe o Atlético-PR, no sábado, e o Verdão joga com o Vitória, domingo, no Allianz Parque.

Lancellotti: Corinthians, 2 X 0 no Palmeiras. É o superlíder!

Benebol: Corinthians de Arana puxa o cordão dos visitantes

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se