Corinthians adia pagamento da dívida pelo atacante Kazim para semana que vem

Timão ainda deve ao Coritiba pela contratação do atacante que caiu nas graças da Fiel

Flávio Adauto, diretor do Corinthians, prometeu acertar as dívidas do clube Rodrigo Gazzanel/Estadão Conteúdo

Processado pelo atraso de pagamento na compra de alguns jogadores, o Corinthians ainda acerta detalhes para quitar a dívida - de cerca de R$ 1,2 milhão - com o Coritiba pelo atacante turco Kazim. Segundo o diretor financeiro do clube, Emerson Piovezan, o acordo ainda não foi fechado e o caso deve ter um desfecho na próxima semana.

A forma de pagamento - integral ou parcelado - é uma das questões a serem resolvidas pelo Corinthians nos próximos dias. Durante a apresentação do atacante Clayson, na última quinta-feira, o diretor de futebol Flávio Adauto disse que as pendências financeiras com outros clubes seriam quitadas a partir desta sexta, incluindo o débito pelo jogador turco.

"Parte dessas dívidas começam a ser pagas amanhã (sexta-feira), como a do Kazim. Uma série de outras que incomodam quando você não está em dia também serão colocadas, resolvendo os problemas não totalmente, mas parcialmente. Sei que o (departamento) financeiro, com o Emerson Piovezan, está resolvendo esses problemas", disse.

O Coritiba continua no aguardo e vê a situação como indefinida até o momento. "Está em aberto. Para nós, eles não avisaram que iam pagar hoje (sexta-feira) nem que iam pagar semana que vem. Estamos aguardando. Não recebemos nenhuma notificação", disse o presidente Rogério Portugal Bacellar.

Além do caso envolvendo o Coritiba, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu que o Corinthians teria de pagar as pendências com Penapolense-SP e SEV-Hortolândia-SP pelas contratações do meia Marlone e do zagueiro Vilson, respectivamente.

EsportesR7 agora também no YouTube. Inscreva-se

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!