Esportes Zaracho 'esquece' Palmeiras e prevê jogo duro do Atlético-MG contra o São Paulo

Zaracho 'esquece' Palmeiras e prevê jogo duro do Atlético-MG contra o São Paulo

Curinga do técnico Cuca, Zaracho vem se destacando nos últimos jogos do Atlético-MG e poderia ganhar folga diante do São Paulo, antes da decisão com o Palmeiras, na terça-feira, valendo vaga na final da Copa Libertadores. Mas o meia argentino só pensa em ajudar o clube e prevê um duro compromisso deste sábado, no Morumbi, para o líder do Brasileirão.

Com sete pontos de vantagem na tabela justamente sobre o Palmeiras, o Atlético-MG não quer dar moleza para a concorrência e Cuca deve usar um time forte para buscar a vitória no Morumbi. Ciente que o São Paulo precisa de um resultado positivo, o confronto tende a ser aberto, o que faz o jogo de Zaracho fluir.

"Será uma grande partida e devemos fazer as coisas bem, sempre atrás da vitória. O São Paulo é um rival muito duro, tem grandes jogadores, mas nosso pensamento é em levar os três pontos para casa", afirmou Zaracho, que se coloca à disposição de Cuca para a posição que o treinador precisar.

"Sou meia, mas posso jogar em muitas posições, e já falei que onde o treinador necessitar, eu estarei, desde que 100%, sempre para ajudar. Pode ser de centroavante, pela direita ou pela esquerda... Onde o Cuca quiser", afirma o polivalente e incansável argentino, que também vem atuando como segundo volante.

O argentino evita comparar seu ótimo momento em Belo Horizonte com o vivido no Racing quando despertou o interesse dos mineiros, mas não esconde estar cada dia mais ambientado em campo pelo clube mineiro.

"São times diferentes, com jogadores diferentes, mas sempre falo em ainda estou me adaptando aqui. E os jogadores estão me ajudando. Não sei dizer se estou melhor ou pior, mas me sinto muito cômodo e cada vez melhor. Isso se reflete dentro do campo."

Questionado se dá para tirar o pensamento do Palmeiras, Zaracho garante que sim. "Entendo a expectativa da torcida pela decisão com o Palmeiras, pois também já fui torcedor, mas temos só de pensar na partida de amanhã, em fazer as coisas boas para trazer os três pontos contra o São Paulo", observou. "Cada jogo é uma final para nós e sempre devemos entrar 100%, sem tirar pé ou se resguardar para outros jogos. É ir com o melhor pensamento para ajudar os companheiros. Formamos uma família e devemos sempre nos esforçar por todos."

Últimas