Esportes Zagueiro do City diz que seu pai morreu minutos após marcar na Liga dos Campeões

Zagueiro do City diz que seu pai morreu minutos após marcar na Liga dos Campeões

O zagueiro holandês Nathan Aké revelou que seu pai, Moise Aké, morreu minutos depois do gol que marcou na vitória do Manchester City sobre o RB Leipzig por 6 a 3, na quarta-feira, pela fase de grupos da Liga dos Campeões.

O jogador compartilhou detalhes da situação nas redes sociais. "As últimas semanas foram as mais difíceis da minha vida, meu pai estava muito doente e não havia mais tratamento possível. Tive a sorte de ter muito apoio da minha noiva, família e amigos", disse o holandês.

Aké revelou que o pai faleceu em paz ao lado de sua mãe e do seu irmão. "Talvez fosse para ser, me ver jogar sempre o deixava orgulhoso e feliz. Eu sei que você está sempre comigo, você sempre estará no meu coração e este foi para você pai", afirmou.

O Manchester City liberou o atleta nesta quinta para apoiar a família. Ele recebeu a notícia da morte do pai após o jogo no Etihad Stadium, em Manchester, e preferiu não avisar os companheiros de time. Há duas semanas, Aké já havia se afastado do clube por conta do quadro de saúde do pai.

City e Leipzig fizeram grande partida de nove gols nesta quarta. Além do zagueiro holandês, Mukiele (contra), Mahrez, Grealish, Cancelo e o brasileiro Gabriel Jesus balançaram a rede pelo lado inglês. O francês Nkunku, ex-Paris Saint-Germain, foi o responsável por marcar os três gols do time alemão.

Com o empate entre PSG e Club Brugge, a equipe de Pep Guardiola lidera o Grupo A da Liga dos Campeões, com três pontos.

Últimas