Esportes Vitória bate Figueirense e quebra sequência negativa de nove jogos na Série B

Vitória bate Figueirense e quebra sequência negativa de nove jogos na Série B

O Vitória quebrou uma série negativa de nove tropeços consecutivos ao derrotar o Figueirense, em luta direta contra o rebaixamento, por 3 a 0, na noite desta quinta-feira, no estádio do Barradão, pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida foi marcada por uma queda de energia.

Com o resultado, o Vitória se manteve na 16ª colocação, com 24 pontos, abrindo quatro do Náutico, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. O Figueirense, por outro lado, conheceu sua terceira derrota seguida e aumentou a pressão sobre o técnico Elano. O clube catarinense é o 18º colocado, com 19.

O Figueirense entrou em campo desconcentrado. As cobranças do técnico Elano foram fortes, muito pelo que o time mostrou no primeiro tempo. O Vitória começou mais ligado e precisou de apenas três minutos para abrir o marcador. Wallace achou Thiago Lopes dentro da área. Ele rolou para trás para Felipe Neto colocar a bola no fundo das redes.

A partida continuou com o Vitória pressionando. Aos 22 minutos, Frizzo rolou para Léo Ceará. Com liberdade, o atacante ajeitou e acertou um bonito chute para ampliar. Após o gol, a energia do estádio Barradão caiu e o jogo ficou 21 minutos parados até que o gerador estabilizasse a iluminação.

O Figueirense deu mostras de que buscaria uma reação após o retorno da iluminação, mas não foi além. O Vitória não demorou para dominar a partida e perdeu boas oportunidades de deixar o placar ainda mais elástico. Na melhor, Léo Ceará recebeu sozinho, na entrada da pequena área, mas furou na frente do goleiro Rodolfo.

O segundo tempo começou animador. O Figueirense novamente esboçou uma reação e viu Léo Ceará quase fazer contra, mas foi só. O Vitória cresceu e no contra-ataque quase fez o terceiro com Vico. Rodolfo defendeu. Só que o clube baiano ampliou aos 11. Guilherme Rend aproveitou o rebote de uma tentativa de Felipe Neto para deixar o seu, de fora da área.

Em vantagem, o time baiano tirou o pé do acelerador e passou a administrar o resultado, chamando o Figueirense para o seu campo de defesa. A equipe catarinense até criou algumas oportunidades, mas ficou muito aquém e não encontrou forças para evitar a derrota no Barradão.

Na próxima rodada, o Vitória enfrenta a Ponte Preta no dia 20 de novembro (sexta-feira), às 16h30, no estádio Barradão, em Salvador (BA). No mesmo dia, às 21h30, o Figueirense visita o Cruzeiro no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 3 x 0 FIGUEIRENSE

VITÓRIA - Ronaldo; Léo (Jonathan Bocão), Wallace Reis, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Guilherme Rend (Gabriel Furtado), Matheus Frizzo e Fernando Neto (Marcelinho); Léo Ceará (Caicedo), Thiago Lopes e Vico (Ruan Nascimento). Técnico: Eduardo Barroca.

FIGUEIRENSE - Rodolfo; Lucas Carvalho (Matheus Neris), Almeão, Vitor Mendes e Brunetti (Patrick); Arouca, Elyeser (Lucas Barcelos), Léo Artur e Guilherme (Gabriel Barbosa); Everton Santos e Diego Gonçalves (Paulo Ricardo). Técnico: Elano.

GOLS - Fernando Neto, aos 3, e Léo Ceará, aos 22 minutos do primeiro tempo. Guilherme Rend, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Guilherme Rend (Vitória).

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto (SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Últimas