Esportes Vettel mira título da F-1 com a Aston Martin e avisa: 'Não estou muito velho'

Vettel mira título da F-1 com a Aston Martin e avisa: 'Não estou muito velho'

Sair da Ferrari poderia significar um piloto deixando para trás suas chances de título na Fórmula 1, mas não é nisso que Sebastian Vettel acredita. O alemão de 33 anos, que deixou a escuderia italiana e foi para a Aston Martin após o término da última temporada, ainda crê que pode conquistar o seu quinto título na principal categoria do automobilismo.

"Não acho que seja uma questão de idade. Acredito que ainda há um campeão em mim. Esse sentimento sempre esteve em mim e, sabendo que você pode fazer isso, não tenho motivos para pensar que não seja possível", afirmou o piloto alemão em entrevista ao site GPFans. Vettel foi tetracampeão mundial de Fórmula 1 entre 2010 e 2013, quando estava na Red Bull.

"Acho que posso. Obviamente, não estou muito velho. Agora existem pilotos mais velhos competindo no grid", comentou Vettel. O alemão é o quarto mais velho do grid: o finlandês Kimi Raikkonen, com 41 anos, é o que tem mais idade, seguido pelo espanhol Fernando Alonso (39) e pelo britânico Lewis Hamilton (36). Além deles, o australiano Daniel Ricciardo, o mexicano Sergio Perez e o também finlandês Valtteri Bottas também tem mais de 30 anos - todos têm 31.

"Veremos como a Fórmula 1 mudará nos próximos anos. Com relação à idade, acho que tenho muito tempo dentro de mim, mas depende, com toda a honestidade, das circunstâncias do esporte e de como as coisas serão no futuro próximo", projetou Vettel.

O alemão correu pela Ferrari por seis temporadas, mas a equipe acabou ficando atrás da Mercedes - e, na última temporada, também de várias outras equipes. Agora, a escuderia italiana tem o espanhol Carlos Sainz Jr. e o monegasco Charles Leclerc como seus pilotos, enquanto que Vettel será parceiro do canadense Lance Stroll na Aston Martin.

Últimas