Esportes Verstappen abre temporada como mais rápido no 1º treino livre do GP do Bahrein

Verstappen abre temporada como mais rápido no 1º treino livre do GP do Bahrein

Melhor piloto da pré-temporada, realizada há duas semanas, e apontado como um dos favoritos para o início do Mundial deste ano, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, começou 2021 com o pé direito e foi o mais rápido do primeiro treino livre para o GP do Bahrein, no circuito de Sakhir, que abre a temporada 2021 da Fórmula 1.

Verstappen registrou o tempo de 1min31s394 na melhor de suas 12 voltas e desbancou os rivais, especialmente os da Mercedes. Vice-campeão mundial da categorias nas duas últimas temporadas, o finlandês Valtteri Bottas, da equipe alemã, ficou em segundo lugar a 0s298 (1min31s692) do holandês.

Na terceira posição, o britânico Lando Norris mostrou que a McLaren, agora com motor Mercedes, vai dar trabalho em 2021. Ele cravou a marca de 1min31s897 e ficou a 0s503 do tempo do líder da sessão. O quarto colocado, com 1min31s921, foi o compatriota Lewis Hamilton, da Mercedes, que busca o recorde de oito títulos da Fórmula 1 na carreira.

O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, foi o quinto com 1min31s993. Após fazer a sua pior temporada em 40 anos, a escuderia italiana busca dar a volta por cima em 2021. Em sexto, já na casa de 1min32s, ficou o mexicano Sergio Pérez, estreando pela Red Bull, que ficou à frente do francês Pierre Gasly, da AlphaTauri.

O oitavo posto foi de Carlos Sainz Jr., que assumiu a vaga do alemão Sebastian Vettel na Ferrari. Substituto do espanhol na McLaren após deixar a Renault, o australiano Daniel Ricciardo ficou em nono. O Top 10 foi completado pelo italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo.

Seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen, campeão mundial de 2007, ficou imediatamente atrás, em 11.º lugar. Vettel, agora de Aston Martin, foi o 12.º colocado, à frente do companheiro canadense Lance Stroll. De volta à Fórmula 1 após dois anos, o espanhol Fernando Alonso foi o 16.º. E o alemão Mick Schumacher, filho do heptacampeão mundial Michael, terminou em 19.º e penúltimo lugar com sua Haas.

Foi uma sessão muito movimentada desde o início, motivada muito pelo menor tempo de treino às sextas-feiras - apenas 60 minutos, contra 1 hora e 30 minutos até 2020. O recorte de meia hora fez com que as equipes mandassem seus pilotos para a pista, aproveitando cada minuto disponível.

A programação desta sexta-feira tem ainda a segunda sessão de treinos livres a partir das 12 horas (de Brasília), com apenas uma hora de duração. O sábado tem mais um treino livre também de uma hora, às 9 horas, e o treino oficial de classificação às 12 horas. A corrida começa às 12 horas no domingo.

Últimas