Vasco festeja prêmio por classificação para ajudar no pagamento de atrasados

A classificação à quarta fase da Copa do Brasil teve importância esportiva para o Vasco, que ampliou a sua série invicta desde a retomada das competições, e também financeira. Após triunfar no tempo normal por 2 a 1 e depois por 3 a 2 nos pênaltis diante do Goiás, o técnico Ramon Menezes destacou a premiação de R$ 2 milhões a ser recebida pelo clube.

O elenco do Vasco está com os salários de julho atrasados. Além disso, abril e maio não foram pagos, sendo incluído em um acordo para pagamento desses dois meses e dos direitos de imagem atrasados em 12 parcelas.

"Sabíamos que era um jogo muito importante. Na parte financeira, projeção para os atletas. A busca é chegar longe em todas as competições. Foi um jogo muito bom. Esse grupo, todos os jogos, temos passado aos atletas da importância. Todos se tornaram finais de campeonato. A entrega foi como a gente e tenho certeza que o torcedor do Vasco gosta de ver. Estão todos de parabéns. Uma atuação excepcional. O campo nos ajudou muito. Gramado muito bom pra se jogar", afirmou Ramon.

O Vasco entrou em campo na noite de quarta, fora de casa, em situação complicada, pois havia perdido o duelo de ida, em São Januário, por 1 a 0. O cenário levou Ramon a simular uma disputa de pênaltis na preparação do time para o confronto na Serrinha.

"A gente trabalhou muito as cobranças de pênalti. Fizemos até uma simulação de um jogo mesmo, botando os jogadores lá no meio de campo, fazendo com que o atleta percorresse até chegar na bola", afirmou o treinador, que também explicou a opção por Cano, Yago Pikachu, que perdeu, Benítez e Bruno Césr para executar as cobranças.

"Temos batedores. O Cano, o Yago, o Castan agora, o Bastos. O Benítez não vinha treinando muito, mas agora voltou a treinar, O Bruno César, jogadores que batem muito bem. O Andrey poderia bater", acrescentou.

O adversário do Vasco na quarta fase da Copa do Brasil será definido através de sorteio. O próximo compromisso do time está marcado para sábado, no Maracanã, diante do Fluminense, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.