Esportes Um dia após chegar no Acre, Bruno participa de primeiro treino pelo Rio Branco

Um dia após chegar no Acre, Bruno participa de primeiro treino pelo Rio Branco

Um dia depois de desembarcar na capital do Acre, o goleiro Bruno já participou do treino da equipe do Rio Branco, clube que o contratou no início da semana, nesta sexta-feira à tarde, no CT José de Melo, sob orientação do técnico João Mota.

O ex-jogador de Flamengo e Atlético-MG fez exercícios específicos com o preparador de goleiros do clube e também esteve presente em um trabalho técnico, juntamente com todo o elenco. Como ocorreu no aeroporto na sua chegada em Rio Branco, Bruno posou para fotos com fãs que estiveram no centro de treinamento.

Aos 35 anos, Bruno poderá defender o Rio Branco-AC no segundo turno do Campeonato Acreano, no Campeonato Brasileiro da Série D e na Copa Verde.

Após liberação do Governo do Acre para o reinício dos treinos, o Rio Branco retomou as atividades na quarta-feira, mas ainda sem realizar os testes para se detectar possíveis casos de covid-19.

Bruno foi condenado pela Justiça a mais de 20 anos de prisão pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada e modelo Eliza Samudio, ocorrido em 2010. Nesse momento, ele cumpre sua pena no regime semiaberto.

O goleiro tenta retomar a carreira, mas por enquanto teve apenas passagens curtas no futebol. No início deste ano, o Operário-MT desistiu da contratação de Bruno após protestos de torcedores. O mesmo já havia acontecido com o Fluminense de Feira.

Ainda em 2014, o Montes Claros, então na segunda divisão de Minas Gerais, contratou Bruno. No entanto, o goleiro ainda cumpria pena em regime fechado e não pôde atuar.

Já em 2017, após habeas corpus, Bruno acertou com o Boa Esporte Clube e chegou a realizar cinco partidas antes de voltar para a prisão. Em 2019, atuou por meio tempo pelo Poços de Caldas.

Últimas