Tuchel lamenta derrota na decisão e elogia Neymar: 'Deixamos tudo em campo'

O alemão Thomas Tuchel, treinador do Paris Saint-Germain, lamentou a derrota na decisão da Liga dos Campeões da Europa neste domingo para o Bayern de Munique por 1 a 0, em Lisboa, e garantiu que a equipe francesa deu tudo em campo. Além disso, fez elogios para a atuação do brasileiro Neymar.

"Foi uma grande batalha. Demos tudo e deixamos o coração em campo. Era o que se esperava de uma final. Sabíamos que quem marcasse primeiro, faria a diferença. Estou orgulhoso da nossa mentalidade e da forma como jogamos durante estas duas semanas. Estou desapontado pela derrota, mas não muito. Ficamos perto", disse logo após a partida.

O técnico alemão ressaltou que o time teve uma ponta de azar na partida, não culpou ninguém e colocou o foco no futuro. "Sabemos o que é preciso para ganhar títulos. Temos de aceitar que a sorte faz parte deste jogo. Não podemos culpar ninguém, temos de continuar assim para progredirmos", prosseguiu.

Para finalizar, o comandante do time parisiense elogiou Neymar, que fez uma partida incrível, segundo o treinador. Tuchel também falou sobre a forma de Mbappé, que sofreu com lesão antes da retomada da Liga dos Campeões.

"Estou orgulhoso porque o Neymar fez mais uma partida em que mostrou a sua incrível habilidade e mentalidade. Quanto a Mbappé, foi difícil porque ele teve uma lesão grave e perdeu muitos treinos. É um milagre ele estar conosco", finalizou.