Treinador revela que Avaí devolverá em janeiro os 25% da redução salarial

O Avaí aguarda o sinal verde da prefeitura de Florianópolis para voltar a treinar dentro de campo. Fora das quatro linhas, o técnico Rodrigo Santana revelou nesta sexta-feira que o clube, apesar da redução salarial de 25%, irá devolver o valor em janeiro de 2021, após o período mais crítico da pandemia do novo coronavírus.

"Aqui a diretoria segurou o máximo que conseguiu. Sempre foi muita clara, transparente. Estou muito satisfeito como eles conduzem o futebol. E nós vamos ter a redução a partir do mês que vem", disse o treinador em entrevista ao DAZN. "Ou seja, a pandemia já está aí há dois meses e eles continuaram a pagar em dia e 100% do salário. Vamos ter um desconto de 25%. Durante três meses, teremos 75% do salário. A diretoria ainda deu a palavra que, em janeiro, vai devolver esses 25%. Só durante a pandemia que vai dar essa segurada. Em janeiro vai devolver esse dinheiro", completou.

O Campeonato Catarinense foi paralisado em meados de março. O Avaí, que assegurou a liderança na primeira fase, entrou de férias em abril. "Nós retornamos daquelas férias forçadas, férias antecipadas, aí seguimos trabalhando pelo Zoom (plataforma online), dividindo os grupos, fazendo um trabalho bastante intenso. A comissão técnica foi acompanhando todos os atletas", comentou Rodrigo Santana.

"Fizemos, na segunda-feira, os exames para ver se tinha algum jogador infectado para voltar com mais segurança. (Quero) Parabenizar a diretoria do Avaí que está fazendo um trabalho fantástico em termo de organização para que todos retornassem com muita segurança. Está claro como será o retorno para evitar que se alastre essa pandemia. Sempre com bastante segurança. Estamos aguardando o prefeito para retornarmos ao campo. A academia do clube foi liberada. Ainda esperamos o aval do prefeito de Florianópolis para voltar ao gramado", finalizou.

O Avaí agora enfrentará a Chapecoense nas quartas de final. O mata-mata, porém, ainda não tem data e nem horário definidos.