Tiago Nunes vê Corinthians em evolução e culpa gramado por empate

O técnico Tiago Nunes apontou o gramado do estádio Jorge Ismael de Biasi, como responsável pelo empate do Corinthians com o Novorizontino em 1 a 1, neste sábado, pelo Campeonato Paulista. De acordo com o treinador, o campo não permitiu que o time mais técnico conseguisse apresentar o seu melhor futebol. Mesmo assim, ele vê evolução na equipe.

"Entendo que a gente evoluiu sim, até pelo contexto do jogo. Não teve bola no chão e o gramado estava em péssimas condições. Pela característica do adversário, era jogo de ligação. Se é um jogo jogado num gramado melhor, com adversário com mais jogo propositivo, que é natural no nível do Corinthians, de Série A, isso se torna mais franco, mais técnico", analisou o comandante corintiano.

O treinador pediu que a Federação Paulista de Futebol olhe com mais rigor para os gramados do interior e voltou a apontar o campo como motivo do resultado. "O desempenho foi compatível com o que o jogo apresentou. Um jogo de primeira e segunda bola, com gramado ruim e a bola sempre batendo na canela. Não sei o que a federação fala de molhar gramado, porque fica lento, devagar, e para um time que quer ser técnico, atrapalha", lamentou.

Com o resultado, o Corinthians completou cinco rodadas sem vencer no Paulistão. O último resultado positivo foi em 2 de fevereiro, quando derrotou o Santos por 2 a 0. Tiago Nunes admitiu a pressão por resultados melhores e destacou a qualidade do adversário, único invicto no Estadual. "A gente precisa vencer, o corintiano quer vencer. Temos que levar em conta que o Novorizontino não perdeu ainda. Parece que jogamos com uma equipe desprezível, e não. Mas se tratando de Corinthians tem que vencer sempre", alertou.